iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 19:13

Jéci reconhece erros da zaga alviverde no clássico
"Pelo que apresentei nos clubes em que passei, meu futebol pode melhorar", disse o zagueiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A zaga do Palmeiras teve uma atuação bem abaixo do esperado na derrota contra o São Paulo. Jéci e Gladstone sofreram com o desentrosamento e foram facilmente envolvidos pela rápida dupla de ataque tricolor, formada por Dagoberto e Borges.

Os defensores também tiveram uma série de vacilos na saída de jogo alviverde.

Em sua terceira partida com a camisa palmeirense, Jéci reconhece a atuação apática no clássico. “Pelo que apresentei nos clubes em que passei, meu futebol pode melhorar. Tenho a crescer, a mostrar ainda mais. O gol que marquei ajudou bastante, traz mais tranqüilidade. Mas se falar que estou satisfeito, estou mentindo”, disse.

A dupla formada por Jéci e Gladstone apresenta números modestos. Nas últimas três partidas, a zaga sofreu quatro gols (média de 1,33). Ainda por cima, o Verdão conquistou somente dois dos nove últimos pontos disputados no Campeonato Brasileiro.

“A minha dupla com o Gladstone é boa, a gente se completa”, defende-se Jéci. “A falta de entrosamento é normal. Quando acontecer, vai dar a liga para o time decolar na competição”, emendou o confiante defensor.

Mesmo com as críticas, o técnico Wanderley Luxemburgo descartou logo após o clássico analisar individualmente seus jogadores da zaga. A ordem é dar confiança aos substitutos de Gustavo e David, que seguem machucados.

”O time não perde apenas por causa do setor defensivo”, afirmou Luxemburgo. “Também não fizemos os gols na frente. É difícil sair atrás do marcador. Mas reafirmo que não conseguimos o encaixe necessário no início da partida”, completou.

Integrante do setor de marcação do meio-campo, o volante Martinez acredita que o primeiro gol do São Paulo, logo aos seis minutos, foi fundamental para os problemas vividos pela zaga no Morumbi. “Depois do gol, o time ficou inseguro”, explicou.

Para a partida contra o Fluminense, na quarta-feira, Luxemburgo continua com opções restritas na defesa, já que os zagueiros David e Gustavo continuam em tratamento. O jovem Maurício poderia ser uma surpresa no setor.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo