iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 16:29

Exame de Borges não acusa fratura, mas jogador pára por um mês
Segundo o médico do São Paulo, a lesão ocorrida no clássico com o Palmeiras é realmente uma luxação

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Dos males, o menor. O exame de imagem realizado no cotovelo esquerdo do atacante Borges na manhã desta segunda-feira não acusou fratura, mas o técnico Muricy Ramalho não poderá contar com seus gols por um longo período.

Segundo o médico do São Paulo, doutor José Sanchez, a lesão ocorrida no clássico com o Palmeiras é realmente uma luxação. “Não houve fratura, mas é uma lesão grave, como qualquer luxação. O osso saiu do lugar e tive que recolocá-lo”, explicou o médico.

O tempo estipulado para o retorno do goleador aos campos é o mesmo previsto no domingo: um mês. Antes deste período, o jogador deverá iniciar o trabalho de fisioterapia no Reffis, mas o prazo ainda segue indefinido.

“Ele passará alguns dias descansando e sem treinar, pois ainda sente muitas dores. Só iniciará os trabalhos quando não sentir mais nada”, concluiu o médico.

Além de Borges, o técnico Muricy Ramalho também não poderá contar com Aloísio para o confronto de quarta-feira diante do Vitória, em Salvador, pela 12ª rodada do Brasileirão.

O jogador levou o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Palmeiras e deverá ser substituído por Éder Luis, autor do segundo gol tricolor no clássico de domingo, no Morumbi.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo