iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 16:44

Cuca promete escalar dois zagueiros e Michael na meia
"Com os três zagueiros ficamos sem a qualidade da saída: de um lado para o outro e por dentro", disse o treinador

Gazeta Esportiva

SANTOS - A penúltima colocação no Brasileirão e os erros apresentados durante as partidas estão trazendo muita irritação a Cuca. O técnico deixou a Vila Belmiro bastante nervoso após o empate por 2 a 2 contra o Botafogo, nesse domingo, principalmente em relação aos questionamentos sobre suas mudanças táticas.

O comandante, porém, já avisou que enfrentará o Figueirense nesta quinta-feira novamente com dois zagueiros.

“Com os três zagueiros ficamos sem a qualidade da saída: de um lado para o outro e por dentro. Com dois zagueiros e o Kleber na lateral nós rendemos mais e ganhamos maior qualidade na saída de bola”, afirmou Cuca, propenso a escalar Fabiano Eller e Domingos na defesa em Florianópolis.

Sobre a postura tática alvinegra, o comandante destacou que, às vezes, a escalação demora mais do que o normal para se encaixar. E também exige um tempo maior para se concluir qual formação trará firmeza e confiança à equipe dentro de campo.

“É complicado, você tem que sentir o que pode dar resultado, no jogo contra o Grêmio deu certo, mas nem sempre vai servir. Por exemplo, o Maikon é jogador para entrar de vez em quando, o Tiago Luís não sabe fazer a meia e o Michael não pode jogar na ala”, comentou o treinador, que também deve voltar a escalar Kleber na lateral e deslocar Michael para a meia, posição que mais lhe agrada.

Com as mudanças, Cuca espera não ter de dar mais tantas explicações sobre suas novidades no time, como ocorreu nesse domingo em sua irritada entrevista coletiva após a igualdade com o ex-clube.

“Escalei Domingos no lugar de Marcelo porque sabia que o Botafogo iria usar dois atacantes e precisava de um zagueiro mais rápido. O Roberto Brum substituiu Rodrigo Souto, mas marcou mais na frente e por isso jogamos com dois alas. E a entrada do Lima foi uma opção técnica, troca de centroavante por centroavante”, justificou-se.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo