iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 16:34

Cleiton Xavier reivindica gol contra Coxa para ser artilheiro

Contra o Coritiba, o árbitro não creditou o segundo gol do Figueira para o jogador, mas sim para Wellington Amorim

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Grande nome na conquista do Campeonato Catarinense, Cleiton Xavier confirmou sua boa fase ao marcar nesse domingo o gol da vitória por 1 a 0 do Figueirense sobre o Ipatinga.

O tento o colocou na artilharia do Campeonato Brasileiro com sete gols, mas oficialmente o meia ainda está atrás do palmeirense Alex Mineiro e do flamenguista Marcinho.

Nos registros da CBF, o destaque do Figueira tem apenas seis gols porque na súmula da partida contra o Coritiba, em 18 de maio, na segunda rodada, o árbitro Elmo Resende Cunha anotou apenas um para Cleiton Xavier, creditando o segundo tento da vitória por 2 a 1 erroneamente para Wellington Amorim.

O clube catarinense promete ajudar o seu goleador enviando um ofício à CBF assinado pelo presidente Norton Boppré, além de um DVD com o lance para provar que Cleiton Xavier foi o autor dos dois gols naquela partida. A expectativa é por uma resposta positiva o mais rápido possível da entidade.

Enquanto a confirmação de sua liderança na artilharia não ocorre, o meia ainda convive com os elogios que sua fase tem rendido O técnico Paulo César Gusmão, no entanto, fez questão de reivindicar sua participação no sétimo gol de seu jogador no torneio, em cobrança de falta contra o Ipatinga em Minas Gerais.

No momento do lance, o comandante gritou para seu jogador bater forte, por cima da barreira, como realmente aconteceu. “Conheço bem o Ipatinga. Quando estava no Cruzeiro, acompanhei a trajetória vitoriosa do time. Sabia o posicionamento do Rodrigo Posso. Mas foi mais mérito do Cleiton do que propriamente a informação”, minimizou PC.


Leia mais sobre: Cleiton Xavier Figueirense

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo