iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 14:33

Após recusar oferta árabe, Renato Gaúcho lamenta mais saídas

Renato Gaúcho voltou a comentar um possível desmanche, já que Thiago Neves também pode deixar as Laranjeiras

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A saída oficial de Cícero do Fluminense para o Hertha Berlin, deverá ser seguida por Gabriel, que nesta terça-feira deverá anunciar de forma oficial a sua transferência para o Panathinaikos, da Grécia.

Photocamera
Renato assiste ao treino: Cícero é mais um a deixar o Fluminense

E Renato Gaúcho voltou a comentar um possível desmanche, já que Thiago Neves também pode deixar as Laranjeiras para o futebol alemão e Luiz Alberto e Arouca estão nos planos gregos e portugueses, respectivamente.

Mais uma vez, o técnico se mostrou despreocupado, apesar de nenhum reforço ser cogitado até o momento. Mesmo assim, sempre que perguntado, o ex-atacante reforça sua confiança na diretoria para que o time se mantenha forte e, de imediato, saia da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

“Fico triste em perder jogadores importantes, mas feliz por saber que eles estão colhendo os frutos da excelente campanha que fizemos na Libertadores. Estamos atentos ao mercado e aviso ao torcedor que teremos peças de reposição à altura. Entendo que a diretoria encontra dificuldades, até porque se formos fazer uma análise fria, o mercado não tem tantas peças de qualidade disponíveis para serem contratadas com facilidade”, analisou.

Em meio às lamentações, Renato revelou que ele próprio recebeu proposta para deixar o clube e o país, mas declinou do convite do milionário futebol árabe em meio à disputa da Libertadores.

“Durante a Libertadores fui sondado para trabalhar na Arábia Saudita, mas não quis nem conversa. Primeiro, porque estava concentrado na busca do título da competição. Depois, porque me sinto em casa aqui nas Laranjeiras. Tenho apoio do doutor Celso Barros (presidente da patrocinadora), do presidente do clube, do restante da diretoria, sem falar da comissão técnica e dos jogadores. É quase impossível alguma proposta me tirar daqui”, garantiu.

Dentro de campo o elenco volta a trabalhar nesta terça-feira pela manhã e em seguida viaja para São Paulo, onde nesta quarta-feira vai enfrentar o Palmeiras às 21h45. Para este jogo, o time só terá uma alteração em relação à que bateu o Vitória. O goleiro Fernando Henrique, que cumpriu suspensão no sábado, reaparecerá na vaga de Ricardo Berna.

Com isso, a equipe entrará no Palestra Itália com: Fernando Henrique, Rafael, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho, Arouca, Darío Conca e Thiago Neves; Dodô e Washington.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo