iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 08:29

A Fúria é o grande nome na Euro Sub-19
Trivela mostra tudo sobre o torneio continental onde a Espanha chega como favorita

Trivela.com

PRAGA (Repúbica Tcheca) - Atual campeã européia sub-17, sub-19 e adulta, a Espanha coloca à prova a partir desta segunda-feira (14 de julho) a sua supremacia continental na categoria para atletas com idade máxima de 19 anos, na fase final do Campeonato Europeu de juniores, na República Tcheca. Tudo sobre a competição, você acompanha no Olheiros.

As sete seleções que sobreviveram às fases preliminares da competição, que são semelhantes às eliminatórias para a Euro ou para a Copa do Mundo, se juntam agora ao país anfitrião. Em jogo está não apenas o título, mas também seis vagas para o Mundial Sub-20 do próximo ano, que acontece no Egito.

As finais do torneio são disputadas em um formato bastante simples. As oito seleções são divididas em dois grupos e jogam entre si. Os dois times de melhor desempenho de cada chave avançam para as semifinais, disputadas em cruzamento olímpico. A decisão, no dia 26 de julho, reúne os vencedores desses confrontos.

Com a incorporação cada vez mais precoce dos jovens atletas aos profissionais, o Europeu sub-19 vem perdendo força e qualidade nas últimas temporadas. Atualmente, a maioria dos jovens destaques das seleções de base pula direto da seleção sub-17 para sub-21 ou profissional.

Com isso, o torneio ficará desfalcado de dois dos principais jovens astros do futebol mundial, o espanhol Bojan Krkic e o inglês Theo Walcott, que teriam idade suficiente para disputá-lo. O alemão Marin, que já defendeu as seleções adultas do seu país, também integra essa lista.

Mesmo assim, a competição ainda vê, em alguns momentos, o surgimento de alguns jogadores interessantes. Em 2001/02, Fernando Torres levou a Espanha ao título, sendo o artilheiro e o melhor jogador do torneio. Na decisão, a Fúria bateu a Alemanha, de Phillip Lahm, antecipando em seis anos a final da Euro-2008. No ano seguinte, na conquista do único título italiano na categoria, o zagueiro Chiellini e o meia Aquilani despontaram. O lateral-direito Sergio Ramos, campeão com a Espanha em 2003/04, é outro que apareceu durante o campeonato.

Nesta temporada, um dos nomes mais badalados vem de um país com muita tradição, mas de resultados pouco expressivos nos últimos anos. O atacante Kristztian Nemeth, que atua nos reservas do Liverpool, marcou cinco gols nas fases preliminares e conseguiu recolocar a Hungria nas finais de um torneio importante.

É lógico, no entanto, que esse Europeu sub-19 não se limita a Nemeth. Os países mais tradicionais respondem à ameaça húngara com nomes como os espanhóis Nacho Camacho e Aaron Ñíguez, o inglês Freddie Sears e os italianos Alberto Paloschi e Fernando Forestieri, todos já bastante badalados.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo