iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/07 - 22:11

Gallo não lamenta ter se lançado à frente para “comer” contra o Cruzeiro

Técnico do Atlético-MG explicou que o time não podia recuar quando estava com a vantagem no placar

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - No clássico mineiro deste domingo, quando o placar apontava 1 a 1, Alexandre Gallo lançou seu time ao ataque com as entradas de Castillo e Marques nos lugares de Mariano e Petkovic. Minutos depois, o Cruzeiro fez 2 a 1. Mas o técnico alvinegro não se arrepende, e se justifica: não podia empatar de novo.

“Quem tem medo de ir no banheiro, não come. Precisávamos comer, sair dessa posição, se arriscar. E faria novamente, mesmo com a derrota. Nossa tentativa era vencer. Não queríamos mais um empate. Foi um jogo praticamente igual no segundo tempo, mas infelizmente perdemos”, lamentou.

O técnico, porém, aumentou a importância do confronto contra o Internacional, nesta quinta-feira, no Beira-Rio. Sem vencer há cinco jogos, o Galo está apenas uma posição acima da zona de rebaixamento. A situação, porém, não abala o comandante.

“A falta de vitória é pela falta de gols. Temos que fazer e não tomar. Psicologicamente a gente tem trabalhado bastante. Nenhuma pessoa pode falar que esse time não corre, não luta, não briga. Estou satisfeito de trabalhar com esse grupo”, afirmou, prometendo ir ao ataque para acabar com o jejum de triunfos.

“A gente já tem uma boa sustentação no meio-campo e na defesa boa para agredir fora de casa. Estamos muito longe do que queríamos estar, a derrota vem em um momento muito ruim, não poderia acontecer. Mas esse time luta, tem cara de Atlético”, enalteceu.

E a exaltação a seus jogadores dá a Gallo a garantia de tranqüilidade mesmo com a pressão da torcida, irritada com a má campanha no ano do centenário. “Não existe outra coisa senão trabalhar. Temos que deixar a pressão fora do CT e trabalhar bastante. Todo momento de um grande clube que não é favorável, você tem que trabalhar, não existe outra maneira. E o trabalho é bom, o dia-dia é maravilhoso”, garantiu.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo