iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/07 - 18:01

Furacão cede empate para o Internacional na Arena

Atllético Paranaense saiu na frente com gol de Alan Bahia, mas cedeu o empate para o Colorado que marcou com Índio

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Depois de sair vencendo a partida com um gol de Alan Bahia, o Atlético Paranaense cedeu o empate para o Internacional, mais uma vez em uma jogada aérea, e saiu sem os três pontos da Arena da Baixada. Com o resultado, os gaúchos continuam sua recuperação na classificação do Brasileiro, enquanto o Rubro-Negro está a apenas três pontos da zona de rebaixamento.

Empurrado pelo torcedor, o Furacão chegou com perigo logo aos dois minutos. Depois de cobrança de escanteio de Márcio Azevedo, Alan Bahia tocou de cabeça com perigo, pela linha de fundo. A resposta veio aos seis minutos, com um cruzamento fechado que Antônio Carlos desviou pela linha de fundo. Apesar da velocidade nos primeiros movimentos, o jogo ficou mais truncado.

Aproveitando as falhas defensivas do time rubro-negro, Alex quase abriu o placar aos 13 minutos, mas Gallato fez boa defesa e mandou para fora. O Colorado equilibrou o jogo e levava mais perigo. Aos 17 minutos, Alan Bahia abriu espaço, mas, na hora do chute, Júlio dos Santos apareceu na frente e atrapalhou. Grande chance atleticana aos 21 minutos com Joãozinho que, de frente para o gol, bateu de voleio por cima da meta.

O Furacão voltou a ficar mais ligado no jogo e passou a dominar a posse de bola, embora as melhoras oportunidades fossem criadas no contra-ataque. Aos 33 minutos, Ferreira fez jogada individual e bateu cruzado na rede pelo lado de fora. Aos 41 minutos, depois de cobrança de falta, confusão na área colorada e Ferreira mandou para fora, perdendo grande chance de abrir o placar.

No segundo tempo, a primeira boa chance novamente foi do Atlético-PR. Douglas Maia arriscou o chute, aos dois minutos, a bola desviou em Danny Morais e quase enganou Renan. O jogo recomeçou após o intervalo com a mesma cara do primeiro tempo, com o time da casa pressionando. Mas aos 12 minutos, Renan derrubou Douglas Maia na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Alan Bahia abriu o placar na Arena.

A resposta colorada veio aos 17 minutos, com Alex, que cobrou falta e obrigou Galatto a fazer grande defesa. Com o Inter partindo para cima, o Furacão passou a jogar exclusivamente no contra-ataque. Aos 25 minutos, Rhodolfo ganhou da zaga gaúcha na área e Júlio dos Santos pegou o rebote para acertar um belo chute para defesa de Renan. Aos 29 minutos, Joãozinho arriscou de longe e a bola passou perto do gol.

Depois de tomar o gol, o Colorado esboçou uma reação, mas foi rapidamente dominado pelo time da casa, que apertou a marcação. Mas, aos 36 minutos, Alex cobrou escanteio para Índio, que tocou de cabeça para o fundo da rede. Aos 39 minutos, Alex cobrou falta e Galatto salvou. A torcida, irritada, pedia a queda de Roberto Fernandes. Aos 44 minutos, Alan Bahia arriscou o chute e Renan tocou para escanteio.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense vai à Belo Horizonte onde, na quarta-feira, enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão. Já o Internacional volta para Porto Alegre, onde também terá pela frente um time mineiro. O adversário da próxima quinta-feira, no Beira Rio, é o Atlético Mineiro.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO/PR 1 x 1 INTERNACIONAL   (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 13 de julho de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Giulliano Bozzano (Fifa-DF)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Alcides Zawaski Pazetto (SC)
Cartões amarelos: Chico, Antônio Carlos, Ferreira, Rhodolfo (Atlético-PR); Ricardo Lopes, Alex, Nilmar (Internacional)

Gols: ATLÉTICO-PR: Alan Bahia, aos 13 minutos do segundo tempo.
INTERNACIONAL: Índio, aos 36 minutos do segundo tempo.

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Rhodolfo e Chico; Douglas Maia (Willian), Alan Bahia, Valencia, Julio dos Santos e Márcio Azevedo; Ferreira e Joãozinho (Renan)(Pedro Oldoni).
Técnico: Roberto Fernandes

INTERNACIONAL: Renan; Ricardo Lopes, Índio, Danny Morais e Marcão; Edinho, Maycon (Ramón), Magrão (Andrezinho) e Taison (Adriano); Alex e Nilmar.
Técnico: Tite

Outros resultados:


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Tudo igual
Apesar dos esforços de ambas as equipes, a partida na Arena da Baixada terminou em 1 x 1

Topo