iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/07 - 09:15

Alvos de europeus, Tricolor e Verdão lutam contra oscilações

Áquem das propostas pelos seus jogadores, São Paulo e Palmeiras buscam finalmente embalar no Brasileirão

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A visibilidade de São Paulo e Palmeiras no futebol nacional faz com que as duas equipes cheguem ao clássico deste domingo enfrentando o mesmo problema: o assédio europeu. Tricolor e Verdão já travaram duelos decisivos nesta temporada e se reencontram neste domingo, às 16 horas (de Brasília), com a necessidade de esquecerem o iminente desmanche que ambos podem sofrer no Brasileirão.

O número crescente de especulações já provoca oscilações nas equipes comandadas por Muricy Ramalho e Wanderley Luxemburgo no Nacional. Pelos lados do Morumbi, apesar de ainda não ter perdido jogadores, o treinador avisou que o assédio europeu e as conversas dos empresários estão desconcentrando seu time no campeonato. O Verdão, por sua vez, sofreu as perdas de Diego Cavalieri e Henrique, que já respiram ares europeus.

“Este será um mês difícil para todos os treinadores do futebol brasileiro porque tem consulta para todo lado. Mas são apenas consultas, os jogadores não têm que se empolgar. Este mês vai ser dose porque os caras estão com a cabeça em outro lugar”, propagou no início da semana o comandante são-paulino, que corre o risco de ver o adeus de Hernanes, Alex Silva, Dagoberto, Richarlyson, Miranda...

Apesar de os atletas são-paulinos terem contestado a opinião de Muricy, o treinador manteve sua tese, mas já vê sua equipe mais concentrada depois da série de três jogos sem vitórias no Nacional (são dois empates e uma derrota). O time sabe que não poderá mais desperdiçar pontos e, por isso, quer conquistar uma vitória sobre o rival para deixar a oscilação no passado.

“Dentro do campo, nós vamos querer vencer a todo custo, e o Palmeiras também. Se não vencermos, ficará bastante difícil de continuarmos pensando em título”, alertou o goleiro Rogério Ceni.

Mesmo sem ainda ter perdido jogadores para o futebol europeu, Muricy tem um desfalque confirmado para o clássico. O zagueiro Miranda sofreu uma contusão no joelho esquerdo e está fora do jogo. Assim, Alex Silva volta de suspensão e assume a posição do amigo.

Independentemente do desfalque, o Tricolor necessita do resultado positivo, já que ocupa a modesta nona colocação do Campeonato Brasileiro, com apenas 14 pontos. O time de Luxemburgo sabe que a situação do rival é mais complicada, mas também não pode continuar oscilando no Nacional.

Quinto colocado, com 18 pontos, cinco atrás do líder Flamengo, o Palmeiras tinha tudo para integrar o G-4 do Campeonato Brasileiro, mas dois empates seguidos - contra Atlético-MG e Figueirense - dificultaram os planos do Verdão nesta semana. Por isso, cresceu a importância do clássico diante do São Paulo.

“A motivação é natural nesse tipo de jogo, mas a partida ficou mais importante depois do nosso empate em casa contra o Figueirense. Estamos obrigados apenas a pensar na vitória” reconhece o atacante Alex Mineiro.

O goleador aparece como uma das grandes armas do campeão paulista para bater o São Paulo no Morumbi. Ao balançar as redes diante do Figueirense, o experiente centroavante ficou na artilharia da competição nacional ao lado do flamenguista Marcinho, com sete gols.

“Para mim, o importante é fazer gols a qualquer momento. Vou fazer de tudo para marcar em clássicos e também em outras partidas”, minimizou Alex Mineiro, que marcou em dois dos três clássicos diante do Tricolor.

Apesar de reconhecer a queda de rendimento de seus comandados, Wanderley Luxemburgo acredita que o Verdão tem totais condições de brigar pelas principais colocações. “Este último empate contra o Figueirense foi ruim, poderíamos estar com 20 pontos (no G-4), mas tem muita coisa pela frente. O importante é que continuamos no bolo”, alerta o treinador.

Outro fator que ajuda o Palmeiras é a volta de peças importantes no esquema do técnico Wanderley Luxemburgo. O volante Martinez e o atacante Kléber retornam de suspensão. O lateral-esquerdo Leandro também será novidade, já que teve sua documentação regularizada.

“É sempre importante ter a volta dos titulares. Espero que eles possam retornar bem e ajudar o time a conquistar um bom resultado. Sentimos a falta desses jogadores”, reconhece Alex Mineiro.

Em contrapartida, além dos zagueiros Gustavo e David, que já estavam fora, o Palmeiras terá mais uma baixa importante: o volante Pierre sente uma contusão no tornozelo direito e dificilmente entra em campo. Já Élder Granja pode aparecer como grande surpresa. Luxemburgo fechou parte do treino de sábado e pode ter impedido a presença da imprensa justamente para ver o comportamento de seu camisa dois. Se seguir vetado, Fabinho Capixaba continua no time.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X PALMEIRAS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de julho de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Émerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Alex Silva, André Dias e Zé Luís; Joílson, Richarlyson, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Aloísio e Borges
Técnico: Muricy Ramalho

PALMEIRAS: Marcos; Fabinho Capixaba (Elder Granja), Jeci, Gladstone e Leandro; Martinez, Léo Lima, Diego Souza e Valdívia; Kléber e Alex Mineiro
Técnico: Wanderley Luxemburgo


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Montagem sobre Getty Images e AP

Despedida das estrelas?
O clássico deste domingo pode ser o último de jogadores como Hernanes e Valdivia

Topo