iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/07 - 09:02

São Paulo não vê Flamengo como “cavalo paraguaio”
"Se o Flamengo não perder jogadores, a chance é muito grande de ser campeão porque encaixou o time", disse Muricy

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A distância que o Flamengo está abrindo na liderança do Campeonato Brasileiro já preocupa o São Paulo, que acumula nove pontos a menos que o Rubro-negro carioca.

Atento às movimentações do mercado da bola, o técnico Muricy Ramalho acredita que será muito difícil de ultrapassar a equipe de Caio Júnior se não houver desmanche na Gávea.

“Se o Flamengo não perder jogadores, a chance é muito grande de ser campeão porque encaixou o time. É um clube que tem bons jogadores e bom banco. Esse ditado de cavalo paraguaio não cabe para o time do Flamengo”, analisou o são-paulino.

Muricy está ciente de que o Flamengo perdeu Renato Augusto para o futebol europeu, mas o comandante são-paulino acredita que a saída de apenas um jogadores não abalará a equipe de Caio Júnior.

O Flamengo possui 23 pontos na dianteira, enquanto o Tricolor possui apenas 14. Na opinião de André Dias, o São Paulo não pode deixar o time carioca aumentar a vantagem.

“É tranqüilo de buscar nove pontos. É uma distância que não está longe da realidade, mas, se uma equipe abrir 15 pontos, ficará mais difícil de buscar. Mesmo sem estar nem na metade do campeonato, ficaria mais difícil de buscar por causa da qualidade do Flamengo”, afirmou o zagueiro.

Desta forma, ninguém esconde no Tricolor a importância de conseguir uma vitória sobre o Palmeiras neste domingo. “A vitória é importante não só para o São Paulo, mas também para o Palmeiras. O Flamengo está na frente e está jogando bem, o que nos causa dificuldade”, concluiu Muricy.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo