iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/07 - 18:13, atualizada às 22:34 12/07

Paraná tropeça novamente em casa e perde para o Juventude

Com a vitória fora de casa, os gaúchos permanecem na vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Se o Paraná Clube planejava arrancar na Série B com os dois jogos em casa, os planos agora mudam totalmente após mais um tropeço na Vila Capanema. Desta vez, após sair vencendo com um gol relâmpago e ter um jogador a mais, o time paranista cedeu a virada para o Juventude, que com o resultado positivo subiu para a segunda colocação da competição.

Logo no primeiro ataque pelo lado esquerdo, o Tricolor chegou ao gol com Murilo, que aproveitou o cruzamento de Éverton e com muita tranqüilidade bateu no cantinho, no primeiro minuto de partida. Os gaúchos tentaram responder na mesma moeda, mas Rogerinho apareceu para afastar. Aos seis minutos, Giuliano cobrou falta e a bola passou com muito perigo, por cima da meta.

O Juventude tentava equilibrar a partida jogando nos erros do adversário. Aos 10 minutos, depois de vacilo da zaga, Luís quase empatou a partida. O Paraná teve outra boa chance aos 13 minutos, com Fábio Luiz, que tocou para o gol após cobrança de escanteio e viu a zaga alviverde tirar em cima da linha. Aos 20 minutos, depois de mais uma bobeada da defesa paranista, a bola sobrou com Ivo, que bateu fraco para defesa de Gabriel.

Bom contra-ataque para o time da casa aos 24 minutos. Depois da arrancada de Murilo, a bola sobrou para Fábio Luiz, que demorou para chutar e facilitou para a defesa. Aos 29 minutos, Everton fez fila e tocou na saída do goleiro para fora, perdendo uma linda chance. O domínio do Tricolor já não era o mesmo e o Ju assustava, como aos 37 minutos, com cobrança de falta de Xuxa que raspou o travessão.

No segundo tempo, o time alviverde voltou melhor e, aos quatro minutos, depois de cobrança de escanteio, Márcio Alemão subiu na área e testou para o fundo das redes, empatando a partida. O Paraná tentou responder com Éverton, aos sete minutos, mas o chute saiu mascado, fácil para Michel Alves. Aos 10 minutos, Éverton entrou na área, mas demorou para bater e foi travado.

Depois de tomar o gol de empate, o time da casa acordou e partiu para a pressão, já que mais um tropeço na Vila Capanema não estava nos planos. Aos 15 minutos, Murilo cruzou, Giuliano bateu de primeira no travessão e, no rebote, Michel Alves ficou com a bola. Aos 20 minutos, Everton cobrou escanteio e Agenor tocou de cabeça pela linha de fundo. Mas, no lance seguinte, Abedi foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti.

O Juventude não desperdiçou a chance de virar a partida com Abedi, que aos 21 minutos converteu a penalidade. Aos 25 minutos, Elvis fez falta violenta e foi expulso. Dois minutos depois foi a vez de Daniel Marques e Luís irem para o chuveiro. Aos 31 minutos, cruzamento da direita e Marcelinho cabeceou por cima. A situação quase piorou de vez quando, aos 42 minutos, Abedi bateu com liberdade, mas para fora. Aos 49 mintuos, Naves, de frente para o gol, desperdiçou o úlimo lance.

Na próxima rodada o Paraná Clube vai ao Distrito Federal, onde na sexta-feira tenta se reabilitar diante do Brasiliense, na Boca do Jacaré. Já o Juventude recebe no próximo sábado o CRB, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

FICHA TÉCNICA (Veja como foi o jogo lance a lance)
PARANÁ 1 x 2 JUVENTUDE

Local: Estádio Durival de Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 12 de julho de 2008, sábado
Horário: 16h10 (de Brasília)
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Vinicius da Vitória Nascimento (ambos de RJ)

Cartões amarelos: Fábio Luiz, Daniel Marques, Gílson, Éverton (Paraná); Ivo, Murilo, Walker, Michel Alves, Bruno (Juventude)
Cartões vermelhos: Daniel Marques (Paraná); Elvis, Luís (Juventude)

Gols: PARANÁ: Murilo, a 1 minuto do primeiro tempo
JUVENTUDE: Márcio Alemão, aos 04 minutos e Abedi, aos 21 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Gabriel; Daniel Marques, Ciro e Ricardo Ehle (Naves); Murilo, Agenor, Leo (Gílson), Éverton, Giuliano e Rogerinho; Fábio Luis (Marcelinho).
Técnico: Rogério Perrô

JUVENTUDE: Michel Alves, Elvis, Dema, Márcio Alemão e Murilo; Juan Perez, Walker (Edu Silva), Bruno e Xuxa (Maicon); Ivo (Abedi) e Luís.
Técnico: Zetti


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Desespero
Vitória do Juventude complicou ainda mais a situação do Paraná, que já não era boa

Topo