iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/07 - 20:58

Mancini culpa “bobeira” para fim da invencibilidade

“Não tenho dúvida de que a virada foi por um lance de bobeira", disse o treinador

Gazeta Esportiva

A surpreendente campanha do Vitória nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro teve um tropeço neste sábado, com a derrota por 2 a 1 para o Fluminense. E o técnico Vágner Mancini culpa um vacilo de sua equipe para permitir a virada e resultar no fim de uma invencibilidade que já durava seis jogos.

“Não tenho dúvida de que a virada foi por um lance de bobeira. O Vitória vencia bem por 1 a 0, jogando bem, de repente teve uma falta lateral e erramos na marcação em cima da linha grande área, deixando um jogador do Fluminense livre na área e resultou no lance de empate”, analisou o técnico, em dúvida sobre a regularidade do gol de Rafael.

“Acho que estava impedido, não tenho certeza. A partir do momento que há o toque entre a linha do gol e a bola, só tem um jogador do Vitória”, apontou, evitando críticas incisivas ao árbitro gaúcho Leonardo Gaciba, temeroso por uma punição no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SYJD).

Possíveis erros de arbitragem à parte, Mancini admite que o gol de empate resultou em um baque por seus comandados. “Você faz 1 a o e toma um empate, é uma ducha fria. Tem que administrar. Do outro lado tem uma equipe que quer o segundo gol e isso é difícil de ser arrumado na hora”, comentou.

De qualquer maneira, mesmo podendo perder a segunda colocação na seqüência da 11 rodada neste domingo, o treinador se mantém otimista. “Temos que acertar os erros de hoje. Mas o futebol é dessa forma mesmo. O Fluminense é uma grande equipe, há 20 dias jogava a Libertadores e tenta se acertar agora. Faltamente vai oscilar, assim como o Vitória e as outras 18 equipes”, previu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo