iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/07 - 19:16

Rejeição faz Kléber ter motivação especial ante Tricolor

Segundo o jogador, sua volta ao clube do Morumbi foi barrada por um integrante da atual comissão técnica

Gazeta Esportiva

Palmeiras e São Paulo fazem de tudo para manter o clima ameno para o clássico deste domingo, mas o atacante Kléber admite um sentimento diferente na hora de enfrentar o ex-clube. A justificativa: sua volta ao Tricolor foi barrada por um integrante da comissão técnica do time do Morumbi.

Inicialmente, Kléber evitou dar grandes informações sobre o responsável por vetar seu retorno ao São Paulo. “É uma pessoa que está lá. Quando estive no clube, a gente se dava bem. Mas ele já sabe o que penso, tivemos oportunidade de conversar em Ribeirão Preto“, disse.

Na insistência das perguntas sobre o assunto, Kléber confirmou que trata-se de uma pessoa da comissão técnica comandada por Muricy Ramalho. Questionado sobre o nome do olheiro Milton Cruz, que tem grande influência junto aos dirigentes nas contratações, o atacante alviverde hesitou, mas insistiu na tática do mistério:

“Não gostaria de falar, pois continuo com grande carinho pelo São Paulo. É uma situação que só comentei. Foi uma coisa normal”, explicou Kléber, negociado pelo Tricolor no final de 2003.

A reportagem da GE.Net tentou entrar em contato com Milton Cruz na noite desta sexta-feira para repercutir as palavras de Kléber, mas o auxiliar do São Paulo não atendeu seu telefone celular.

Boas lembranças: Em seu primeiro clássico com a camisa do Palmeiras diante do São Paulo, na fase de classificação do Paulistão-08, Kléber brilhou com um golaço. No lance, ele deixou o zagueiro Juninho no chão antes de vencer o goleiro Rogério Ceni.

Neste domingo, Kléber terá pela frente uma zaga do São Paulo desfalcada de uma das principais peças: Miranda. O palmeirense classifica a ausência como importante para o rival do Morumbi.

”Acho que a ausência do Miranda nos ajuda, mas o outro que entrar vai dar tudo para fazer um bom trabalho”, opinou Kléber, sempre demonstrando um estilo sincero nas entrevistas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo