iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/07 - 12:31

Real comemora posição de Blatter no caso Ronaldo

O Real estaria disposto a desembolsar até 83 milhões de euros (cerca de R$ 212 milhões) pelo português

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - O Real Madrid ganhou um aliado de peso na luta para tirar o atacante Cristiano Ronaldo do Manchester United. Nesta quinta-feira, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que os ingleses deveriam liberar o português para os espanhóis se esta for a vontade do jogador.

E, enquanto os Diabos Vermelhos criticaram duramente a postura do dirigente suíço, os merengues comemoram o apoio.

''Até a Fifa nos dá razão no caso Cristiano Ronaldo'', declarou, segundo o jornal espanhol As, uma fonte autorizada do clube merengue. As declarações de Blatter, que criticou o que chama de “escravidão no futebol”, também foram manchetes de outros veículos da imprensa ibérica nesta sexta-feira.

O Real estaria disposto a desembolsar até 83 milhões de euros (cerca de R$ 212 milhões) pelo português, favorito aos prêmios de melhor jogador do mundo no final do ano. O Manchester, por sua vez, mantém-se irredutível e afirma que Ronaldo tem contrato em vigor e não está à venda. Os ingleses chegaram até a denunciar o assédio dos madrilenos na Fifa, mas não obtiveram sucesso.

Enquanto isso, o pivô da discórdia está em Portugal, se recuperando de uma cirurgia no tornozelo direito, e segue despistando sobre o seu futuro.

Leia mais:
Blatter quer Cristiano Ronaldo livre: “Há escravidão no futebol”


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo