iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/07 - 21:06

Muricy quer confirmar importância do Morumbi no clássico
O São Paulo foi derrotado pelo Palmeiras nas duas partidas disputadas fora do Morumbi neste ano. Em três confrontos com o rival na temporada, o Tricolor só venceu aquele em que atuou em seu estádio.

Gazeta Esportiva

Neste domingo, as equipes se reencontram na casa são-paulina, e o técnico Muricy Ramalho espera fazer valer a força de sua equipe no Cícero Pompeu de Toledo.

“O Morumbi é nosso campo. O Palmeiras brigou muito para jogar no Parque Antártica (no Paulistão) porque é o campo deles. É fundamental jogar em casa, onde temos nossa torcida, nosso vestiário... O São Paulo perde muito pouco no Morumbi porque sabe jogar bem lá”, comentou.

Nesta temporada, o Tricolor foi derrotado pelo rival em Ribeirão Preto e no Palestra Itália. Em contrapartida, Muricy Ramalho carrega um retrospecto impressionante em jogos contra o Palmeiras no Morumbi. Desde que voltou ao São Paulo, em 2006, o treinador disputou seis clássicos contra o rival na casa tricolor, acumulando cinco vitórias e um empate.

Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o comandante tentará manter os números positivos, mas espera que o clima de rivalidade não ultrapasse os limites naturais.

“Os treinadores não podem botar pilha a mais nos jogadores. Em alguns jogos decisivos no ano passado, enfrentei times com jogadores que estavam com a pilha acima da média. Daí, o jogador perde a cabeça é expulso. Tem de pôr a pilha na dose certa porque senão o jogador perde o controle”, ponderou.

Muricy também está ciente de que os dois rivais terão de superar os desfalques neste domingo. No Tricolor, a ausência confirmada é a do zagueiro Miranda, contundido. Já no Palmeiras, Wanderley Luxemburgo não pode contar com David, Gustavo, Pierre e Elder Granja.

“Sempre é importante para o treinador ter à disposição os titulares, que estão jogando partidas seguidas, mas não tem jeito de isso acontecer no Campeonato Brasileiro. Com seqüência de jogos, vêm as contusões e é algo que está acontecendo com Palmeiras e com a gente”, concluiu.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo