iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/07 - 09:30

Diretoria do Santos repete promoção de ingressos
O torcedor que adquirir o bilhete com a camisa oficial do clube, irá pagar meia-entrada em qualquer setor do estádio

Gazeta Esportiva

SANTOS - O Santos tem uma das piores médias de público no Brasileirão. No entanto, com a promoção de ingressos, realizada pela diretoria no empate contra o Grêmio, (1 a 1) na última quarta-feira, mais de dez mil torcedores compareceram ao estádio da Vila Belmiro para empurrar o time dentro de campo.

Depois do sucesso de público, os dirigentes santistas decidiram repetir a promoção, no jogo do próximo domingo, quando o Peixe encara o Botafogo, às 16 horas, novamente na Vila Belmiro, pela 11ª rodada da competição.

Assim, o torcedor que adquirir o bilhete com a camisa oficial do clube, irá pagar meia-entrada em qualquer setor do estádio e com direito a uma acompanhante, que entrará de graça.

Para garantir ingressos antecipados, os santistas podem se dirigir aos guichês da Vila Belmiro, que funcionam das 9 às 18 horas. Com a promoção, as entradas para o setor de arquibancada custam R$ 10. Os bilhetes para cadeiras de fundo e lateral saem a R$ 20 e R$ 25, respectivamente. Estudantes e aposentados também pagam meia-entrada.

Já a torcida do Botafogo deverá efetuar a compra de ingressos nos guichês do Portão 21 (Rua José de Alencar). O acesso no dia do jogo acontecerá pelo mesmo local.

Histórico: Santos e Botafogo, na maioria dos confrontos ao longo da história, fizeram jogos emocionantes na década de 60, principalmente, quando as equipes tinham estrelas como: Nilton Santos, Garrincha, Zé Maria, Zagalo, Amarildo, Quarentinha (Botafogo) Pelé, Mengálvio, Coutinho, Zito, Pepe (Santos), uma legião de craques que tanto fizeram pelo futebol.

Entretanto, a partida que marcou o desafeto entre santistas e botafoguenses, aconteceu em 17 de dezembro de 1995, pela final do Campeonato Brasileiro, no estádio do Pacaembu, onde o arbitro Márcio Rezende de Freitas prejudicou o time da Vila Belmiro, ao validar um gol em impedimento do Botafogo e ao anular um gol legítimo do Santos. Depois do empate por 1 a 1, a equipe carioca ficou com o título daquele ano. (No primeiro jogo, no Maracanã, o Botafogo venceu por 2 a 1).

No histórico geral entre as equipes o Santos leva pequena vantagem: (88 jogos, 34 vitórias do Peixe, 30 do Fogão, com mais 24 empates). Já pelo Brasileirão do ano passado, o Santos venceu o adversário duas vezes. No primeiro turno (3 a 0) na Vila Belmiro. E pelo returno (2 a 1) no Rio de Janeiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo