iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/07 - 18:11

Assediado por “todo mundo”, Thiago Silva fica no Flu por carinho

Temos seis meses para decidir e vamos fazer com calma para fazer direito”, disse o procurador do jogador, Paulo Tonieto

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O torcedor do Fluminense pode ficar tranqüilo: Thiago Silva fica nas Laranjeiras até dezembro. Com transferência dada como certa para o futebol europeu após o final da Libertadores, o zagueiro, segundo seu procurador, preferiu permanecer no Tricolor pelo carinho que tem com o clube e seu dirigentes.

De acordo com Paulo Tonieto, procurador de Thiago, a Unimed, patrocinadora da equipe, foi a responsável pela manutenção do defensor, mas não com aporte financeiro. O agente assegura que não faltaram boas propostas para seu cliente deixar o Brasil.

“Eu e o Thiago recebemos ligações todos os dias, mas já foi acertado com o Celso Barros (presidente da Unimed) desde a semana passada que ele fica no Fluiminense. E ele fica em função do Celso Barros, do Branco (gerente de futebol do Flu) e do carinho que tem pelo Fluminense. Ele gosta do clube”, disse o empresário em entrevista à GE.Net.

Além do sentimento que tem em relação ao time, um fator pessoal também pesou para que Thiago optasse por continuar no Rio de Janeiro. “Ele vai participar agora de uma Olimpíada que termina em agosto. Se fosse para a Europa, teria que ter um mês de férias, e isso já da outubro, que é quando nasce o filho dele. Você vai tirar o jogador nesse momento por quê? Não tem porque sair agora”, argumentou Tonieto.

Apesar da identificação com o Fluminense, Thiago Silva já tem data de despedida: 4 de dezembro. O duelo com o Ipatinga, no Maracanã, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, será o último antes do fim do contrato, que se encerra em 31 de dezembro. A saída das Laranjeiras é certa.

“Claro que ele vai sair. Quando terminar o contrato, é muito difícil segurar. Já foi muito difícil fazer isso agora, a pressão foi forte”, contou o empresário, confirmando que o defensor tem seus direitos federativos divididos entre ele próprio, um grupo de investidores, o Fluminense e um clube do leste europeu.

“Mas me diz uma grande jogador que ficou três anos no Brasil nas últimas temporada. Não tem nenhum. O que aconteceu entre o Thiago Silva e o Fluminense é muito difícil de acontecer no futebol brasileiro. Acho que ele já demonstrou total carinho pelo Fluminense e o Celso Barros”, repetiu Tonieto.

Amor à parte, o agente do jogador garante que não faltam destinos para o zagueiro em 2009. “Tivemos propostas da Alemanha, Espanha, Itália, Inglaterra, todos os principais países do mundo. Se for para a Alemanha, será para o Bayer Leverkusen, mas não estamos preocupados com isso agora. Queremos que ele jogue bem e tire o Fluminense dessa situação no Brasileiro. Temos seis meses para decidir e vamos fazer com calma para fazer direito”, finalizou.


Leia mais sobre: Thiago Silva Fluminense Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo