iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/07 - 13:47

“Ainda ninguém sabe a 'receita' para vencer o Corinthians”, diz técnico do Santo André
Clube do ABC será o 11º adversário que irá tentar acabar com campanha invicta do time de Parque São Jorge na Série B

Léo Morelli, repórter iG Esporte


SANTO ANDRÉ – Marcelinho Carioca nunca venceu o Corinthians, que ainda não foi vencido na disputa da segunda divisão do Campeonato Brasileiro, foram 10 jogos, oito vitórias e dois empates. O duelo Santo André x Corinthians, neste sábado, às 16h, no estádio Bruno José Daniel, terá um ‘charme’ todo especial.

E como acabar com a invencibilidade do Corinthians? "A receita eu também queria. Até agora em 10 dez rodadas ninguém mostrou essa receita. É um grande clube, vive um bom momento, só perdeu quatro pontos na competição, mas estamos em uma ascensão, podemos entrar no G-4", alerta o técnico do Ramalhão, Sérgio Soares.

Para o treinador, o terceiro reencontro do ídolo Marcelinho Carioca com a torcida do Corinthians não deve incomodar os atletas do Santo André. "Não mexe com elenco. Claro que existe todo esse glamour em torno dele, mas hoje ele está do nosso lado e pode decidir a partida", disse.

"Ele está tranqüilo, já enfrentou o Corinthians outras vezes e é um jogador experiente, de 37 anos, então não precisamos falar nada pra ele”, explica o experiente volante e capitão Fernando.

Enquanto os corintianos se mostram animados para ser campeões invictos da Série B alegando que todos os rivais entram em campo mais dispostos a tirar uma “casquinha” do líder, os jogadores do Ramalhão vão na corrente contrária.

"Não estamos preocupados com a invencibilidade do Corinthians, nossa preocupação é a posição na tabela. Depois de duas vitórias, jogar em casa com a possibilidade de conquistar a terceira vitória e entra no G-4 é mais importante", completa Fernando, 41 anos, que já planeja a aposentadoria.

"Eu penso em parar. É uma coisa que acontece naturalmente. Já estou me preparando, está perto. Mas eu procuro viver cada dia da melhor maneira possível, o futuro a Deus pertence. O ano que vem é outra história”, despista o capitão.

Outro veterano do elenco, o atacante Márcio Mixirica, 33 anos, segue a mesma linha do capitão. "Pode estar aonde você quiser, que o Corinthians é o Corinthians. Mas nesta situação, é só mais um adversário. Não adianta nada ganhar do Corinthians e não ganhar os outros jogos. Temos um campeonato todo pela frente", afirmou.

"É uma equipe difícil de ser batida, mas não impossível. Se tudo correr tudo dentro da normalidade, nós conseguimos impor o nosso ritmo, vamos acabar com essa seqüência invicta do Corinthians”, acredita Mixirica.

Outro ponto que pode tirar a concentração do Ramalhão é a maior visibilidade que tem um duelo contra o Timão. Para o lateral-esquerdo Jaílson, porém, isto não existe. “Ninguém vai entrar em campo pensando em jogar bem para chamar a atenção ou deixar o Santo André”, assegurou.

Diretoria aprova retorno institucional de Marcelinho
Dentro de campo ele não exibi mais aquele talento refinado, mas o Santo André vibra com grande exposição do clube após a contratação do meia Marcelinho Carioca, que não treinou nesta sexta-feira junto com o grupo do Ramalhão.

“O retorno Institucional é muito grande. Nos treinos você vê imprensa de rádio, televisão e internet. A exposição do Santo André é muito maior. E hoje ele não faltou do treino. Até pela sua idade, pelo histórico de lesões ele está sendo direcionado pelo departamento médico. Duas ou três vezes por semana ele treina um período, o resto ele faz tratamento de fortalecimento na clínica. Hoje ele já fez e estará concentrado com o restante do grupo no final da tarde para o jogo contra o Corinthians”, explica Sérgio do Prado, diretor de futebol do time do ABC.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Léo Morelli

Em busca da 3ª vitória consecutiva
Sérgio Soares, técnico do Santo André, garante que jogadores do Ramalhão estão focados no G-4

Topo