iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/07 - 13:08

Preocupado com faltas, William trata Marcelinho como Finazzi
Em relação a Marcelinho, a maior preocupação é com as cobranças de falta do Pé-de-Anjo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Finazzi participou do maior fracasso da história do Corinthians, o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Para conter o meia Marcelinho Carioca, ídolo da equipe do Parque São Jorge e hoje meia do Santo André, o zagueiro William receita marcação semelhante à destinada ao centroavante do São Caetano na semana passada.

“Estamos pensando nesse encontro mais ou menos como a gente trabalhou para enfrentar o São Caetano, que contava com o Finazzi. Sabíamos que o adversário não era só ele, que tinha outros bons jogadores também”, comparou o capitão do Corinthians.

Se a trajetória de Finazzi no Alvinegro é completamente distinta à de Marcelinho Carioca, pelo menos as declarações já são parecidas. Às vésperas de encontrar a ex-equipe na Segunda Divisão, o centroavante se disse corintiano e causou bastante polêmica ao acusar o técnico Mano Menezes de priorizar jogadores de determinado empresário em sua escalação.

Em relação a Marcelinho, a maior preocupação é com as cobranças de falta do Pé-de-Anjo. “Vamos procurar não fazer faltas próximas à área, frontais. Mas, quando acontecer, temos confiança na barreira e no nosso goleiro”, comentou William, com o consentimento do atacante Herrera. “Sabemos que o Marcelinho bate faltas bem, mas devemos jogar do mesmo modo de sempre”, disse o argentino.

Contra Finazzi, Mano Menezes adiantou que não faria marcação especial. A estratégia se repetirá no sábado. “Serão onze jogadores com vontade de ganhar de nós”, avisou Herrera. “O Marcelinho não joga sozinho. Ele tem uma história muito bonita no Corinthians, que ninguém apagará. Respeitamos demais todos os profissionais do Santo André. Tentaremos neutralizar os pontos fortes deles. E o Marcelinho é um deles”, concluiu William.

Finazzi quase não pegou na bola em seu reencontro com o Corinthians, que venceu o São Caetano por 1 a 0. O desempenho de Marcelinho pelo Santo André é imprevisível, porém não a maneira como será a sua recepção pelos torcedores do ex-clube. O meia deverá ser ovacionado, enquanto o centroavante foi bastante vaiado no Pacaembu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo