iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/07 - 15:06

Milan confirma que Kaká está proibido de disputar Jogos Olímpicos
Silvio Berlusconi havia dito que Kaká não defenderia a seleção nos Jogos porque estaria "cansado"

EFE


MILÃO (Itália) - O Milan confirmou, por meio de seu site oficial, ter proibido o meia Kaká de disputar os Jogos Olímpicos de Pequim pela seleção brasileira.

A nota foi veiculada após a polêmica causada pelas declarações de Silvio Berlusconi, primeiro-ministro da Itália e acionista majoritário do clube de Milão, durante a cúpula do Grupo dos Oito (G8, sete países mais desenvolvidos do mundo e a Rússia).

O cartola afirmou que Kaká não defenderá a seleção nos Jogos porque estaria "cansado". Horas depois, a assessoria de imprensa do meia divulgou uma nota desmentindo Berlusconi e garantindo que o jogador gostaria de estar em Pequim, mas foi proibido pelo clube. Já o site oficial do Milan divulgou um comunicado reafirmando a proibição.

"Com referência às notícias surgidas hoje no Brasil a propósito da participação de Kaká nos Jogos Olímpicos de Pequim, o Milan reafirma a posição já manifestada anteriormente em diversas ocasiões, não concedendo ao jogador a permissão para integrar a seleção olímpica brasileira", disse o texto.


Leia mais sobre: Kaká Milan Seleção Brasileira

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Flávio Torres

Se defendendo
Em nota, Kaká disse que o veto partiu oficialmente do clube italiano

Topo