iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/07 - 22:34

Cruzeiro evita a derrota em Ipatinga nos minutos finais

Depois de sair perdendo por dois gols de diferença para o Ipatinga, a equipe conseguiu se acertar e empatou

Gazeta Esportiva

IPATINGA - Mesmo jogando mal, o Cruzeiro arrancou um empate contra o Ipatinga na noite desta quinta-feira. O Tigre do Vale do Aço vencia por 2 a 0 na metade do segundo tempo, mas a Raposa evitou o desastre maior na base da raça. Agora, o Cruzeiro é o terceiro, com 18 pontos, enquanto o Ipatinga é penúltimo, com apenas sete.

Sem Léo Oliveira, o Ipatinga voltou ao esquema 4-4-2. Leandro Salino atuou como lateral-direito e Marinho fez seu primeiro jogo como titular em sua volta ao clube. O destaque, no entanto, foi a estréia de Sandro, que foi escalado como o armador do time.

No Cruzeiro, o técnico Adilson Batista promoveu a estréia de Reinaldo no Campeonato Brasileiro. O atacante, que veio do Corinthians-AL, entrou no lugar de Guilherme, que foi cortado por não se recuperar a tempo de uma amidalite. Já o volante Fabrício, que era dúvida por sentir dores na coxa direita, atuou normalmente.

No começo do jogo, o time da casa deu a parecer que viria para cima. Marinho e Adeílson partiam para cima dos zagueiros cruzeirenses, tentando jogadas individuais, mas nenhuma levou muito perigo.

Preocupado, o Cruzeiro pôs a bola no chão e passou a cadenciar o jogo. Com isto, o ritmo da partida caiu consideravelmente, e o Ipatinga também não conseguia criar. O primeiro tempo foi tedioso e tecnicamente fraco. O duelo das torcidas, ambas bem representadas no estádio, era mais interessante que o jogo em si.

Porém, a partida acabou sendo premiada com um gol ainda antes do intervalo. Aos 40 minutos, após cobrança de escanteio, Fábio falhou feio na saída do gol e o zagueiro Gian subiu para marcar Ipatinga 1 a 0.

No segundo tempo, o Cruzeiro veio para cima com tudo, mas sem organização. O campo ficou aberto para os contra-ataques, principalmente os de Adeílson, que, aos nove minutos, invadiu a área pelo meio e saiu na cara de Fábio. O goleiro defendeu o primeiro chute, mas, no rebote, Adeílson fez o segundo.

O gol deixou o Cruzeiro ainda mais atordoado, insistindo em jogadas individuais e de linha de fundo. O talento de Charles, no entanto, fez com que a equipe descontasse, aos 24 minutos, em linda cobrança de falta.

A tônica da partida não mudou, pelo contrário, continuou com o Cruzeiro correndo atrás. A partida tornou-se tensa e violenta, com vários cartões amarelos e dois vermelhos. Márcio Gabriel, do Ipatinga, foi expulso 15 minutos antes de Thiago Heleno, do Cruzeiro.

Com tanta pressão, o Cruzeiro chegou ao empate aos 43 minutos, na base da raça. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou na entrada da área. Jadílson chutou forte, rasteiro, e acertou o canto esquerdo de Fred.

Na próxima rodada, o Ipatinga volta a jogar em casa. Desta vez, com a maioria da torcida, já que o adversário, o Figueirense, vem da longínqua Santa Catarina. Já o Cruzeiro mais uma vez dividirá as arquibancadas com o adversário. No domingo, enfrentará seu mais tradicional rival, o Atlético-MG, no Mineirão.

FICHA TÉCNICA
IPATINGA 2 X 2 CRUZEIRO    (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Ipatingão, em Ipatinga (MG)
Data: 10 de julho, quinta-feira
Horário: 20h30 (em Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Júnior (Fifa / MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Helberth Costa Andrade (MG)

Cartões amarelos: Marquinhos Paraná, Ramires, Thiago Heleno, Espinoza (Cruzeiro), Tiago Vieira, Leandro Salino, Xaves, Paulinho Dias e Márcio Gabriel (Ipatinga)
Cartões vermelhos: Márcio Gabriel (Ipatinga) e Thiago Heleno (Cruzeiro)

Gols: Gian, aos 40 minutos do primeiro tempo; Adeílson, aos nove(Ipatinga), Charles, aos 24, e Jadílson, aos 43 minutos do segundo tempo(Cruzeiro).

IPATINGA: Fred; Leandro Salino, Gian, Tiago Vieira (Henrique) e Rodriguinho; Augusto Recife, Paulinho Dias, Xaves e Sandro (Márcio Gabriel); Adeílson e Marinho (Luciano Mandi)
Técnico: Ricardo Drubscky

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Espinoza e Jadílson; Fabrício, Charles (Bruno), Ramires e Wagner; Weldon (Jajá) e Reinaldo
Técnico: Adilson Batista

Leia também:


Leia mais sobre: Cruzeiro Ipatinga Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Longe da ponta
Cruzeiro se recupera depois de sair perdendo, mas não consegue se beneficiar do empate do Flamengo ontem contra o rival Atlético

Topo