iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/07 - 16:29

Atlético-MG marcou dois terços de seus gols com ‘bolas paradas’
Há quatro jogos a equipe converte gols somente desta maneira; o último gol de ‘bola rolando’ foi marcado por Beto

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Abominada por muitos, especialmente pelos físicos, a expressão ‘bola parada’ é um jargão futebolístico para todas as jogadas que têm na origem uma paralisação do jogo. As cobranças de pênaltis, faltas e escanteios, que recebem este nome, são, muitas vezes, armas poderosas, principalmente quando há grande equilíbrio entre os times.

O Atlético-MG está levando a sério este estilo de jogo. Há quatro jogos a equipe converte gols somente desta maneira. O último gol de ‘bola rolando’ foi marcado por Beto, o terceiro da vitória de 4 a 2 sobre o Ipatinga, em 12 de junho. Ao todo, nove dos 13 gols anotados no Brasileirão surgiram de ‘bolas paradas’, atingindo a marca de 69%.

Embora demonstre um ponto forte do time, a estatística representa também a ineficiência do ataque atleticano na criação e na conclusão de jogadas. Prova disto é que o artilheiro da equipe no Brasileirão é o lateral Coelho, já transferido ao Bologna, com três gols.


Leia mais sobre: Atlético-MG Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo