iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/07 - 21:15

Presidente do Boca acusa Recreativo de "falta de respeito"

A irritação é graças a contratação de Sebastián Nayar que atuava pelas categorias de base do Boca

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - O presidente de Boca Juniors, Pedro Pompilio, criticou a atitude de seu colega do Recreativo Huelva, Francisco Mendoza, que não recebeu hoje dois dirigentes do clube argentino para esclarecer o caso do jogador Sebastián Nayar.

O volante foi contratado pelo clube espanhol na semana passada e atuava pelas categorias de base do Boca.

"Hoje dois dirigentes do Boca Juniors foram se encontrar com o presidente do Recreativo, que não os recebeu. E mais: a pessoa que os atendeu disse que o jardineiro que ia recebê-los. É uma falta de respeito", afirmou Pompilio à rádio "La Red".

A polêmica surgiu na semana passada, quando o Recreativo anunciou a contratação do volante de 20 anos.

O Boca Juniors queria manter o jogador, cujo contrato terminou em 30 de junho. O clube alega ter um compromisso registrado na Associação do Futebol Argentino (AFA), mas a renovação automática, até 2012, não teria validade. EFE cw/plc


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo