iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/07 - 22:37

No Rio, Furacão dá primeira vitória para o Fluminense
Dodô, Conca e Somália marcaram os gols da primeira vitória do tricolor no Campeonato Brasileiro

Gazeta Esportiva


RIO DE JANEIRO - A situação ainda está complicada, mas o Fluminense teve motivos para comemorar na noite desta quarta-feira, no Maracanã.

Ao bater o Atlético-PR por 3 a 0, o time das Laranjeiras alcançou a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro e, de quebra, deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro, já que tem os mesmos seis pontos do Ipatinga-MG - que joga nesta quinta -, mas leva vantagem no saldo de gols. Dodô, Conca e Somália fizeram os gols do Tricolor carioca. Veja os gols ao lado.

No sábado, o Fluminense recebe o embalado Vitória, que goleou o Botafogo nesta quarta. Já o Atlético-PR, que tem 12 pontos, encara o Internacional, domingo, em Curitiba.

Tentando superar alguns desfalques, o Fluminense começou melhor em campo. Aos 12 minutos, Conca arriscou de longe e Galatto se complicou para defender e jogou a bola para fora. Escanteio que o mesmo Conca cobrou, no minuto seguinte, para Cícero desviar no primeiro pau até Dodô, que apareceu para marcar de cabeça.

O mesmo Dodô esteve perto de marcar novamente para o Fluminense ainda no primeiro tempo. Aos 24, após receber passe de Fabinho, o atacante invadiu a área, mas demorou a concluir e permitiu a defesa de Galatto.

O Atlético-PR, apesar da pouca organização, também buscava o ataque. Aproveitando-se do recuo do adversário, o Furacão foi para cima e, aos 28, o zagueiro Danilo teve boa chance em voleio que parou nas mãos de Fernando Henrique. O goleiro tricolor ainda salvaria o Tricolor em mais duas oportunidades na etapa inicial. Aos 36, em chute de longe de Nei; a outra em uma cabeçada de Pedro Oldoni, aos 38 minutos.

Mesmo com a equipe não atuando bem, a torcida do Fluminense continuou apoiando na volta para o segundo tempo. Mas em campo o Tricolor encontrava dificuldades para tentar chegar ao segundo gol. O atacante Washington errava quase tudo o que tentava.

Do outro lado, o jogo seguia como nos primeiros 45 minutos, com Fernando Henrique se encarregando de salvar o Fluminense. Aos 13, em cabeçada de Danilo, o goleiro teve reflexo para impedir o gol atleticano. Os paranaenses, no entanto, se complicaram aos 16 minutos quando Nei cometeu falta em Luiz Alberto e, como já tinha amarelo, acabou expulso de campo.

Com um a mais, o Fluminense foi em busca do segundo gol e Renato Gaúcho trocou o volante Fabinho pelo atacante Tartá. O Furacão também trocou o meia Valencia pelo atacante Joãozinho, mas não foi o suficiente para conseguir o empate. Quem chegou ao gol mais duas vezes foi o Fluminense. Aos 39, através de Conca, que tabelou com Dodô antes de bater no canto direito de Galatto. E nos descontos, Somália pegou uma bola de primeira e balançou a rede no seu retorno aos gramados, oito meses depois de sofrer grave lesão no joelho.

Festa dos pouco mais de dez mil tricolores que testemunharam a primeira vitória tricolor no Brasileiro. Os torcedores ainda deixaram o Maracanã com o grito de 'time de palhaço', ironizando um artigo publicado no site do Atlético-PR, em que o Fluminense era chamado de 'Palhaços do Rio' antes da partida.

Assista também aos melhores momentos da partida

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 3 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 9 de julho de 2008, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes (Fifa-SP)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Márcio Luiz Augusto (SP)
Renda: R$ 119.077,00
Público: 10.482 pagantes (11.466 presentes)
Cartões amarelos: Rafael, Cícero, Fernando Henrique (Fluminense); Nei, Alan Bahia, Danilo (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Nei (Atlético-PR)
Gols: FLUMINENSE: Dodô aos 13 minutos do primeiro tempo; Conca aos 39 e Somália aos 47 minutos do segundo tempo.

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Rafael (Maurício), Thiago Silva, Luiz Alberto e Junior César; Fabinho (Tartá), Arouca, Cícero e e Conca; Dodô e Washington (Somália).
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Rhodolfo e Danilo; Nei, Alan Bahia, Julio dos Santos (Douglas Maia), Valencia (Joãozinho) e Márcio Azevedo; Ferreira e Pedro Oldoni (Gabriel)
Técnico: Roberto Fernandes

Outros jogos:


Leia mais sobre: Fluminense Atlético-PR Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo