iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/07 - 00:10

Lanterna, Flu recebe Atlético-PR de olho na reação

O time carioca é o lanterna do Brasileirão e busca em casa a primeira vitória no campeonato

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Recuperar-se da derrota de 1 a 0 para o Goiás, deixar de vez para trás o abatimento pela perda do título da Copa Libertadores e começar a passar para outras mãos a lanterna do Campeonato Brasileiro. Esses são os objetivos do Fluminense, que entra em campo nesta quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Maracanã, para medir forças com o Atlético-PR.

Com apenas três pontos, o Tricolor passa por um delicado momento, onde o aspecto psicológico se torna o principal a ser atacado. Na oitava posição, com oito pontos, o Furacão, embalado pela vitória de 1 a 0 sobre o Santos, quer encostar de vez no pelotão de frente.

Renato Gaúcho, técnico do Fluminense, reconhece que existe uma grande dificuldade de se esquecer o que aconteceu no jogo contra a Liga Deportiva Universitária (LDU) e sabe que a perda da Libertadores continua interferindo no rendimento da equipe. Por isso, pediu a ajuda da torcida no jogo desta quarta-feira.

'Estamos passando por um momento complicado sim, pois o grupo ainda não conseguiu se desligar totalmente da Copa Libertadores, do nocaute que foi aquela final. Mas somos fortes, meu grupo é capaz e com o apoio da torcida vamos nos recuperar e dar a volta por cima. Tenho certeza de que em breve estaremos disputando as primeiras posições', garantiu Renato.

Os jogadores do Fluminense também sabem da necessidade de se concentrar nos próximos jogos. Um dos líderes do elenco, o zagueiro Thiago Silva acredita que o melhor para o Tricolor neste momento é pensar em cada jogo de uma vez.

'O mês de julho vai ter muitos jogos por causa das rodadas de meio de semana e não podemos deixar passar muito tempo para começarmos a nossa reação, até porque a lanterna preocupa, pois a distância para os demais está aumentando e não estamos fazendo a nossa parte. Mas precisamos pensar em um jogo de cada vez e nosso foco é o Atlético Paranaense', afirmou o zagueiro.

Para este jogo Renato Gaúcho tem problemas. O lateral-direito Gabriel está fora por ter se transferido para o Panathinaikos, da Grécia. Rafael entra na vaga. O meia Thiago Neves, com dores na coxa direita, também pode não atuar. Se isso se confirmar Dodô será mantido no ataque, ao lado de Washington, que se recuperou de fadiga muscular. Cícero então passaria para o meio-de-campo. O volante Ygor foi barrado e Maurício é o novo dono da posição.

Pelo lado do Atlético o técnico Roberto Fernandes não poderá contar com o meia Irênio e nem com o atacante Marcelo Ramos, que foram afastados pela diretoria. Com isso o colombiano Valencia, que volta de suspensão, entra no meio-de-campo e Joãozinho jogará no ataque.

Em relação ao jogo desta quarta-feira o treinador atleticano prometeu uma postura ofensiva de sua equipe para tirar proveito da situação do Fluminense.' Com certeza o Fluminense terá que partir para cima da gente em busca de uma vitória para começar a melhorar a sua situação na tabela de classificação. Por isso não podemos ficar apenas nos defendendo e dando campo ao adversário. Se ficarmos muito recuados vamos permitir a pressão deles ', alertou Fernandes.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 9 de julho de 2008, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes (Fifa-SP)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Márcio Luiz Augusto (SP)

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Rafael, Thiago Silva, Luiz Alberto e Junior César; Maurício, Arouca, Cícero e Conca; Thiago Neves (Dodô) e Washington
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Rodolfo e Danilo; Nei, Alan Bahia, Julio dos Santos, Valencia e Márcio Azevedo; Ferreira e Joãozinho
Técnico: Roberto Fernandes


Leia mais sobre: Fluminense Atlético-PR Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo