iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/07 - 16:01

Presidente do Barça pode renunciar ao cargo na quinta-feira

O diário catalão Sport afirma que a decisão será comunicada pela diretoria em reunião extraordinária nesta quinta-feira

Gazeta Esportiva

BARCELONA (Espanha) - O presidente do Barcelona, Joan Lapórta, pode anunciar essa semana sua demissão, segundo informou o diário catalão Sport . O jornal afirma que a decisão será comunicada pela diretoria em reunião extraordinária nesta quinta-feira.

No último domingo, foi realizado um plebiscito entre os sócios do clube para avaliar a gestão do atual mandatário e 60,6% dos votantes desaprovaram a gestão de Laporta. O Sport afirma que um movimento encabeçado pelo vice-presidente, Albert Vicens, estaria pressionando Laporta a abandonar o cargo - caso contrário, seriam eles que deixariam o Barça.

O estatuto do Barcelona prevê que, para derrubar o presidente, é preciso que 75% dos dirigentes (no caso, 12 dos 17) demitam-se. Dessa maneira, a gestão seria encerrada e um novo processo eletivo teria início, com uma junta provisória assumindo a direção da entidade.

Mas o dirigente não parece disposto a renunciar tão facilmente ao cargo. “Não tenho a intenção de me demitir. Tenho respaldo para continuar”, assegurou ele nesta terça-feira, ao desembarcar em Barcelona, voltando de um encontro de clubes na Suíça.

O diário esportivo Marca também diz ser pouco provável que isso aconteça. Em notícia divulgada em sua página na web, afirmam que fontes do Barcelona negaram a saída de Lapórta. Segundo o jornal, o atual presidente conta com sete fiéis aliados na alta cúpula do clube catalão.

Joan Lapórta é visto por muitos como o principal responsável pela má fase da equipe, que não conquista um título há dois anos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo