iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/07 - 21:25

Na estréia do Marcelo Stéfani, Braga quebra jejum contra Jacaré

Os primeiros jogos do time foram em Santa Bárbara D’Oeste e contra o Corinthians jogou em Ribeirão Preto

Gazeta Esportiva

BRAGANÇA PAULISTA - A estréia do Bragantino jogando em casa, no Estádio Marcelo Stéfani, não poderia ser melhor. Mesmo tendo passado por muito sofrimento, a equipe de Bragança Paulista conseguiu vencer após um jejum de quatro jogos, conseguindo sair de campo com uma vitória por 2 a 1 em cima do Brasiliense.

Após mandar os seus primeiros jogos em Santa Bárbara D’Oeste e de receber o Corinthians em Ribeirão Preto, o Braga jogou pela primeira vez com o apoio pleno de sua torcida na Série B do Campeonato Paulista. Com o resultado, o time conseguiu respirar e sair da zona de rebaixamento, parando na 12ª colocação.

Já o Brasiliense, que havia conseguido deixar de rondar a zona de degola na última rodada, com uma vitória de 2 a 0 em cima da Ponte Preta, não conseguiu manter a boa fase, e caiu duas posições, ficando com a 13ª colocação do torneio.

Nesta terça-feira, empurrado pela torcida que encheu o Marcelo Stéfani, o Braga saiu na frente no placar. Logo aos 20 minutos, em um lance confuso na área, o zagueiro Cris subiu mais alto que os defensores do clube candango e fez 1 a 0 para os donos da casa.

No final da primeira etapa, no entanto, o também zagueiro Júnior Baiano retomou a igualdade, marcando para o time brasiliense, também de cabeça. Aos 44 minutos, o veterano recebeu uma bola cruzada após uma falta e completou para as redes.

O gol da vitória do Braga só sairia aos 39 minutos da etapa complementar, com a ajuda de um pênalti duvidoso marcado pelo árbitro Fabrício Neves Correa. Deslocando o goleiro, Nunes cobrou e garantiu os três pontos para o Alvinegro.

Na próxima rodada do Brasileirão da Série B, o Jacaré pega outro adversário direto na briga contra o rebaixamento para a Terceirona, o CRB. Já o Braga viaja para encarar outra equipe candanga, o Gama, no Estádio Mané Garrincha.

FICHA TÉCNICA:
BRAGANTINO 2 X 1 BRASILIENSE

Local: Estádio Marcelo Stefani, em Bragança Paulista (SP)
Data: 8 de julho de 2008, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Assistentes: José Ricardo Maciel e Adailson Alves Pereira (ambos do ES)
Cartões amarelos: Gustavo (Bragantino); Valdir, Juninho, Macedo (Brasiliense)

Gols: BRAGANTINO: Cris, aos 20 minutos do primeiro tempo. Nunes, aos 39 minutos do segundo tempo.
BRASILIENSE: Júnior Baiano, aos 44 minutos do primeiro tempo.


BRAGANTINO: Gilvan; Cris, Gustavo e Marcelo Godri; Nego, Moradei, César Gaúcho, Sérgio Manoel (Malaquias) e Pará; Davi (Éder) e Nunes (Fábio Lopes).
Técnico: Marcelo Veiga

BRASILIENSE: Guto; Fábio Brás (Kayke), Júnior Baiano e Ailson; Valdir, Juninho, Coquinho, Adrianinho (Dimba) e Marcinho; Alex Dias (Macedo) e Jóbson.
Técnico: Vitor Hugo


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo