iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/07 - 14:00, atualizada às 10:07 09/07

Gabriel acerta saída do Flu e vai jogar na Grécia
Jogador, que não enfrenta o Furacão, acertou com o Panathinaikos, apesar de não confirmar abertamente

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Gabriel não deverá mais vestir a camisa do Fluminense. Isso ficou claro na manhã desta terça-feira, quando o lateral-direito deixou as Laranjeiras de carro após sequer ser relacionado para a partida desta quarta-feira contra o Atlético-PR, no Maracanã.

O jogador acertou as bases salariais com o Panathinaikos, da Grécia, apesar de não confirmar abertamente. O Tricolor também não se pronunciou de forma oficial.

Gabriel deixou o clube e isso aumentou os rumores de sua saída, pois os demais atletas ficaram concentrados para a partida diante do Furacão. Rafael treinou na lateral e deverá ser o novo dono da posição.

Mas os problemas não param por aí. Apesar de estar confirmado contra o Atlético, Luiz Alberto pode ser outro a deixar as Laranjeiras, seguindo para o próprio Panathinaikos. O zagueiro já iniciou negociações.

Os fatos comprovam que o desmanche no Fluminense está cada vez maior, o que é complicado para um time que segura a lanterna do Brasileiro. Thiago Silva e Thiago Neves, convocados para os Jogos Olímpicos de Pequim, ficarão quase todo o mês de agosto fora das Laranjeiras e podem estar de saída para o futebol alemão.

Sem confirmação oficial

Titular da equipe de Renato Gaúcho na campanha que levou o Tricolor ao inédito vice-campeonato da Libertadores da América, Gabriel esteve em São Paulo na noite de terça-feira para prestigiar um evento do qual participou Ronaldinho Gaúcho. E conversou com a reportagem da Gazeta Press sobre seu futuro.

"Há uma proposta do Panathinaikos realmente, mas também há outras situações, outros contatos. Não há nenhuma posição definida até o momento e, por enquanto, sou jogador do Fluminense", comentou o lateral, cujo vínculo com os cariocas tem validade até dezembro de 2009.

Questionado sobre a possibilidade de atuar no futebol europeu pela segunda vez na carreira, Gabriel sinalizou de maneira positiva e revelou: sua multa rescisória não será empecilho para qualquer clube do exterior tirá-lo das Laranjeiras.

"Tive uma passagem muito boa pelo Málaga (da Espanha, em 2006) e só não permaneci porque o time foi rebaixado. Não tenho escolha por um mercado específico. O que eu quero é jogar. Se pagarem minha multa (1,2 milhão de euros) não tem como competir. O Fluminense é o time que melhor paga no Brasil, mas não chega nem perto de qualquer clube do exterior", finalizou.


Leia mais sobre: Fluminense Gabriel Panathinaikos Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação/Fotocom.net

A caminho da Grécia
Gabriel é o primeiro a deixar o Flu, mas pode ganhar a companhia de Luiz Alberto em breve

Topo