iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/07 - 18:13

Com Robinho e Ronaldinho, Dunga convoca seleção olímpica
Os 18 jogadores que representarão o futebol brasileiro masculino nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 foram definidos nesta segunda-feira pelo técnico Dunga.

Gazeta Esportiva

A lista tem os três jogadores acima do limite de 23 anos permitidos: o meia Ronaldinho Gaúcho e o atacante Robinho, que podem deixar o futebol espanhol nas próximas semanas, e a grande surpresa, o zagueiro Thiago Silva. A lista pode ser alterada até 23 de julho.

A lista, no geral, segue aquilo que se esperava de Dunga. Como já era previsto, o Milan concordou em ceder o atacante Alexandre Pato, de 18 anos, mas não liberou o meia Kaká, que já excedeu o limite olímpico (tem 26). Apenas o tricolor Thiago Silva surpreende, uma vez que o zagueiro nascido em 1984 (terá 23 anos e 11 meses duranet os Jogos) não figura sequer entre as quatro opções principais do treinador na zaga da seleção principal, ficando atrás de Lúcio, Juan, Alex e Luisão.

“Foram convocados três laterais, três zagueiros e três volantes”, comentou Dunga. “Do meio para a frente houve uma maior diversificação, com a preocupação de escolher jogadores versáteis. Jogadores que sejam rápidos, e também com boa presença de área, com aproveitamento nas bolas altas e nas jogadas de bola parada”, emendou.

Desta forma, apenas um jogador chamado por Dunga tem experiência olímpica: o meia Ronaldinho Gaúcho, duas vezes melhor do mundo (foi eleito pela Fifa em 2004 e 2005), mas que não vive um bom momento na carreira e está cotado para deixar o Barcelona.

O camisa dez, que teve a escalação pedida pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, disputou os Jogos de Sydney-2000, quando o grupo comandado por Vanderlei Luxemburgo caiu nas quartas-de-final diante de Camarões. “O fator experiência pode ser decisivo nas Olimpíadas”, destacou Dunga.

Enquanto um jogador que pode deixar o Camp Nou em breve foi convocado para Pequim, outro que está em vias de chegar ao clube catalão foi deixado de lado por Dunga: o zagueiro Henrique, que deve trocar o Palmeiras pelo Barcelona por 10 milhões de euros não foi chamado para Pequim.

O camisa 28 do Verdão teve a sua última chance como titular da seleção brasileira no amistoso contra a Venezuela, no mês passado nos Estados Unidos. O zagueiro, no entanto, acabou falhando no lance que originou o primeiro gol da vitória por 2 a 0 dos venezuelanos sobre a seleção pentacampeã mundial.

Se o Palmeiras não tem nenhum convocado para Pequim, o Campeonato Brasileiro verá cinco de seus jogadores disputando as Olimpíadas: o goleiro colorado Renan, os são-paulinos Breno e Hernanes e os vice-campeões da Copa Libertadores pelo Fluminense, os xarás Thiago Silva e Thiago Neves.

Agora, a seleção brasileira olímpica tenta agendar junto à Fifa a data para a apresentação dos atletas e o início dos treinos. A estréia do futebol berasileiro masculino em Pequim acontece em 7 de agosto, contra a Bélgica. No dia 10, a equipe encara a Nova Zelândia, e três dias depois pega a China.

Confira a lista:

Goleiros: Diego Alves (Almería/ESP) e Renan (Internacional)

Laterais: Ilsinho (Shakhtar Donetsk/UCR), Rafinha (Schalke 04/ALE) e Marcelo (Real Madrid/ESP)

Zagueiros: Alex Silva (São Paulo), Breno (Bayern de Munique/ALE) e Thiago Silva (Fluminense)

Meio-campistas: Anderson (Manchester United/ING), Diego (Werder Bremen/ALE), Hernanes (São Paulo), Lucas (Liverpool/ING), Ronaldinho Gaúcho (Barcelona/ESP) e Thiago Neves (Fluminense).

Atacantes: Alexandre Pato (Milan/ITA), Jô (Manchester City/ING), Rafael Sóbis (Bétis/ESP) e Robinho (Real Madrid/ESP).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo