iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/07 - 15:18

Presidente do Real diz que Cristiano Ronaldo deve ficar no Manchester United
O presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, disse em visita a Londres que, atualmente, o mais provável é que o meia-atacante português Cristiano Ronaldo continue no Manchester United na próxima temporada.

EFE

Calderón admitiu a idéia de que o tempo corre a favor do Real Madrid neste processo, mas ressaltou várias vezes que tudo depende do clube inglês.

"O Manchester tem que querer vender. Assim que decidirem isso e nos comunicarem de algo concreto, estaremos falando de uma possível transferência", disse o presidente.

"Atualmente, eles não pretendem vender, portanto o mais provável é que Cristiano Ronaldo continue jogando no Manchester United na próxima temporada", admitiu.

Perguntado se a operação no tornozelo do meia-atacante português preocupa o Real Madrid, Calderón disse que, em todo caso, é "um problema do jogador e do Manchester".

"Teoricamente há tempo para a contratação, já que faltam dois meses até o fim de agosto. Mas mesmo que o Manchester entre em contato com o Real com uma proposta de venda, não sabemos se seria factível", disse o presidente do clube espanhol.

Sobre a especulação de que o acordo entre as duas equipes dependeria de uma diferença de 15 milhões de euros no preço, Calderón disse que "sequer havia chegado a esse ponto, já que o Manchester não deu a chance de falar em dinheiro", afirmou.

"Cristiano Ronaldo disse que gostaria de jogar no Real Madrid, que era um sonho, mas não voltou a falar sobre isso. É uma opinião do jogador, mas nada pode ser concretizado sem a concordância do Manchester", acrescentou Calderón.

Em visita à capital britânica por ocasião da final do torneio de tênis de Wimbledon, entre o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal, o presidente do Real Madrid disse apostar na vitória de seu compatriota. "Gostaria de vê-lo levantar a taça. Acho que seria muito bom para a Espanha se ele conquistasse o título, que é merecido", comentou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo