iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/07 - 18:50

Marcos comemora paradinha errada e trabalho valorizado
Aos 33 minutos do primeiro tempo, Marcos saltou no canto esquerdo e evitou um gol de pênalti batido por Renan, que arriscou a paradinha, mas cobrou fraco. O lance acabou sendo fundamental para o empate do Palmeiras contra o Atlético-MG.

Gazeta Esportiva

E foi comemorado pelo goleiro por ter vencido a artimanha dos cobradores de penalidades.

“Tentei esperar até o último minuto, porque você não sabe quem faz a paradinha ou não. A gente treina com o Alex Mineiro e tem sofrido bastante. Claro que se ele bate bem, é difícil porque a velocidade da bola é maior que a do corpo, mas tive a felicidade de fazer a defesa. É bom, valoriza mais o nosso trabalho”, exaltou o camisa 12.

“Quando o cara bate que nem o Alex Mineiro e o Alan Bahia, do Atlético-PR, parando em cima da bola, fica mais difícil. Graças a Deus, fiz uma boa defesa”, continuou o arqueiro.

Além de intervir bem na penalidade, Marcos se destacou com ao menos três defesas complicadas. Desempenho que o próprio capitão palmeirense admite ter sido vital diante de um Galo que pressionou bastante no primeiro tempo.

“O Galo é um time de muita tradição e jogou em casa. Eu tive uma participação muito boa, senão teríamos perdido, principalmente pelo nosso primeiro tempo. Acho que foi um bom jogo, apesar das vaias da torcida ao Galo. Foi emocionante”, elogiou, feliz por ter jogado bem no Mineirão.

“Vida de goleiro é assim. Um dia você toma peru, no outro você pega bastante”, sorriu o ídolo do Verdão.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo