iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/07 - 18:30

Diego Souza define empate como satisfatório e triste
O gol de empate contra o Atlético-MG marcado aos 36 minutos do segundo tempo não foi suficiente para Diego Souza. O autor de um belo gol de falta admite que o resultado é bom porque o time não perdeu, mas o meia crê que o Palmeiras poderia deixar o Mineirão com a quarta vitória consecutiva.

Gazeta Esportiva

“Acho que a gente tem que ficar satisfeito, mas esse empate não pode ser comemorado. Temos que sair satisfeitos, mas também tristes, porque tínhamos condições e qualidade para furar essa defesa nos últimos minutos e sairmos vitoriosos”, analisou o camisa 7.

Segundo Diego, a equipe de Wanderley Luxemburgo não esteve bem no primeiro tempo, mas melhorou depois do intervalo. E os primeiros 45 minutos, quando o gol mineiro foi marcado por Eduardo, foram lamentados por todos os alviverdes.

“Temos que voltar mais aguerridos. No primeiro tempo, só assistimos o Atlético jogar. Temos que jogar mais compacto, ir e voltar, porque se ficar esperando vamos tomar outro gol”, pedia Léo Lima na volta do intervalo.

Capitão do time, Marcos credita a má apresentação aos cinco desfalques: o lateral-direito Elder Granja e o zagueiro Gustavo, machucados, o lateral-esquerdo Leandro, sem contrato, e o meia Valdívia e o atacante Kléber, suspensos.

“Claro que sentimos, jogadores importantes ficaram de fora. Jogadores como Valdívia e Kléber é claro que fazem falta”, admitiu o goleiro, que defendeu um pênalti cobrado por Renan e evitou um segundo gol atleticano ainda no primeiro tempo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo