iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/07 - 18:05

Desfigurado, Verdão empata com o Galo no Mineirão e deixa G-4
Atlético-MG e Palmeiras empataram por 1 a 1 na tarde deste domingo, em jogo válido pela nona rodada do Brasileirão. Foi o quinto empate alvinegro em nove partidas, o que deixa o clube com 11 pontos.

Gazeta Esportiva

O Alviverde vai a 17, mesma pontuação de Cruzeiro e Vitória, e termina a rodada na quinta colocação.

Os dois times vieram modificados para esta partida. Um dos principais destaques do Atlético-MG, Petkovic sentiu dores musculares e não foi relacionado para o jogo. O atacante Castillo herdou a vaga, e Danilinho foi deslocado para o meio. Outra novidade foi a estréia de Mariano, escalado no lugar de Amaral na lateral-direita.

No Palmeiras, os cinco desfalques deixaram o time completamente desfigurado, com alterações nas duas laterais, na zaga, no meio e no ataque.

O Galo aproveitou a falta de entrosamento dos adversários e partiu para o abafa. A primeira chance veio logo aos quatro minutos, numa cabeçada de Eduardo bem defendida por Marcos. Aos 10, o mesmo Eduardo atingiu a trave alviverde com um chute forte, depois de uma jogada envolvente pela direita.

O esforço do centroavante atleticano foi premiado no minuto seguinte. Danilinho cobrou escanteio da direita e Eduardo desviou de cabeça com perfeição, sem chances para o goleiro Marcos.

Após o gol, o Palmeiras pôs a cabeça no lugar e passou a tocar mais a bola. Em vantagem, o Galo diminuiu o ritmo, dedicando-se mais a marcação.

Com isto, a partida seguiu sem grandes emoções até os 32 minutos, Jefferson chutou a boca de Eduardo dentro da área numa disputa aérea. Renan foi para a cobrança do pênalti e bateu fraco para a defesa de Marcos. O lance, no entanto, não foi o suficiente para injetar ânimo no Palmeiras e a última chance de gol do primeiro tempo foi também do Atlético-MG, com Castillo desviando cruzamento rasteiro de Renan e mais uma defesa de Marcos.

No segundo tempo, o Palmeiras veio com uma postura um pouco mais ofensiva, porém infrutífera. Nos contra-ataques, o Galo levava perigo e, aos nove minutos, Eduardo bateu forte à queima roupa para mais uma boa defesa de Marcos.

O Porco conseguia ameaçar o gol atleticano somente nas cobranças de falta. Aos 29, Gladstone bateu com força e errou por pouco o ângulo. Aos 36, Diego Souza acertou um chute perfeito e empatou a partida.

Com dez jogadores após a expulsão de César Prates, o Atlético-MG não encontrou forças para reagir. O Palmeiras continuou com maior domínio territorial, mas não criou boas chances e a partida terminou mesmo no empate.

Na próxima rodada, o Atlético-MG tem mais um difícil desafio dentro de casa. Recebe o Flamengo, na quarta-feira, às 21h45. Já o Palmeiras enfrenta mais um alvinegro. O adversário de quinta é o Figueirense, no Palestra Itália.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo