iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/07 - 18:50

Atlético-MG reclama da arbitragem no empate contra Palmeiras
Ao término da partida contra o Palmeiras, que terminou empatada em 1 a 1, os jogadores do Atlético-MG reclamaram bastante da arbitragem do paranaense Evandro Rogério Roman. Para o goleiro Édson, a falta que originou o belo gol de Diego Souza, que deu o empate ao Palmeiras, sequer deveria ter sido apitada.

Gazeta Esportiva

“Acho que o juiz foi infeliz no lance, porque não foi falta e ele acabou expulsando um jogador nosso. O batedor deles foi feliz, mandou a bola lá no ângulo”, avaliou.

O volante Serginho reclamou da postura dos atletas adversários, às vezes violentos. Alex Mineiro, por exemplo, abriu um corte na cabeça de Vinícius com o cotovelo, tirando o zagueiro atleticano de campo. “Foi um jogo disputado, em que a equipe deles também buscava a vitória, mas acho que não precisa usar o cotovelo, ser desleal”, disse Serginho.

Para Márcio Araújo, o árbitro usou um critério diferente para cada time. “Deles, tinha que ter sido expulso pelo menos um, mas o nosso é que foi expulso”, esbravejou. O jogador expulso do lado atleticano foi o experiente César Prates que, amarelado, chutou a bola para longe com o jogo já parado.

Mesmo com o empate, os atletas fizeram questão de ressaltar o bom desempenho do time, principalmente no início da partida. “Conseguimos fazer um bom primeiro tempo, onde tivemos chances de fazer mais gols e, infelizmente, não conseguimos”, lamentou Serginho.

Uma das boas chances desperdiçadas na primeira etapa foi o pênalti mal cobrado por Renan e defendido por Marcos. Torcedores chegaram a hostilizar o volante por este lance, mas, dentro do elenco, o apoio é total.

“Só erra quem bate. Ele errou, teve a infelicidade de errar. Vai trabalhar durante a semana para, se acontecer de novo, bater e fazer o gol”, incentivou o goleiro Édson.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo