iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/07 - 16:58

Atacante argentino se naturalizará para defender Croácia
O atacante argentino Dario Cvitanich, do Ajax, obterá em breve o passaporte da Croácia para poder defender as cores do país de seus avôs, afirmou o presidente da federação croata, Vlatko Markovic, à imprensa local.

EFE

"Cvitanich comparecerá à embaixada croata em Amsterdã na próxima quarta ou quinta, e terá de conseguir os documentos", disse Markovic, que diz ter confiança de que o jogador recentemente contratado pelo Ajax não tomará a mesma atitude do também argentino Daniel Bilos, que mudou de idéia na última hora há três anos.

"O jovem pertence à terceira geração de imigrantes croatas que foi à Argentina. Aparentemente não domina nosso idioma, mas antes do início das Eliminatórias Européias para a Copa do Mundo de 2010 já falará nossa língua", afirmou Markovic.

"Sua família torce pela Croácia, são croatas de coração", disse.

O próprio Cvitanich, de 25 anos, disse ao jornal "Sportske Novosti" que não pensaria duas vezes se fosse chamado pela Croácia.

"Se for convocado, entro no primeiro avião e parto para a Croácia. Sua seleção é uma potência, qualquer um gostaria de defendê-la", disse.

Diversos jogadores da seleção croata nasceram fora do país, como o brasileiro Eduardo da Silva e o australiano Josip Simunic, além dos naturais de outros países europeus como os irmãos Niko e Robert Kovac, e Ivan Klasnic (Alemanha); Mladen Petric e Ivan Rakitic (Suíça) e Vedran Corluka (Bósnia).

Por outro lado, Bilos, ex-companheiro de Cvitanich no Banfield argentino, rejeitou a proposta croata na última hora, ao ser convocado pelo então treinador da Argentina José Pekerman.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo