iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/07 - 21:23

Para Caio Junior, vitória se deve a gols cedo, velocidade e Juan
"O Náutico teve uma postura que até me surpreendeu, jogou muito por dentro e teve até mais posse de bola", disse o técnico

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Elogiado após a vitória por 3 a 0 sobre o Náutico, Caio Júnior não teve dúvidas ao definir os responsáveis pelo resultado que fez o Flamengo abrir vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. De acordo com o comandante, os dois gols assinalados com 19 minutos de jogo e Juan devem ser exaltados.

“Nosso ponto alto foi termos feito dois gols muito cedo e a nossa característica principal, que é termos muita velocidade. O Juan, por exemplo, você pode observar quantas vezes foi ao fundo, tentou jogar por dentro na diagonal. Ele fez uma grande partida, o melhor do jogo na minha opinião”, apontou o técnico.

Os rubro-negros, no entanto, não receberam apenas boas palavras de seu treinador. Caio Júnior reprovou o desempenho da equipe depois de ter feito o segundo gol.

“O Náutico teve uma postura que até me surpreendeu, jogou muito por dentro e teve até mais posse de bola, mas proporcionou muitos contra-ataques. No primeiro tempo, poderíamos ter feito o terceiro ou o quarto gol e não aproveitamos”, analisou, criticando também a reta final da partida.

“Quando o Kleberson fez o terceiro gol, criamos a possibilidade de continuar jogando no contra-ataque, mas isso não aconteceu. No final, desconcentramos demais, erramos muitos passes e isso nos atrapalhou”, comentou.

Porém, mesmo com os deslizes, o comandante da Gávea não se sentiu ameaçado pelo clube pernambucano. E deve isso a Bruno. “Só lembro situações do Náutico no ataque tentando muito mais de fora da área. E temos um goleiro que é muito difícil de sofrer gols de fora da área e também em cruzamentos, porque ele sai muito bem do gol”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo