iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/07 - 08:27

Muricy lamenta fim de “semana cheia” e prevê futebol feio
O São Paulo conseguiu emplacar sua recuperação no Campeonato Brasileiro depois de ser eliminado na Copa Libertadores. Sem a participação no torneio continental, o técnico Muricy Ramalho passou a ter mais tempo para treinar sua equipe, sem compromissos nos meios de semana.

Gazeta Esportiva

Porém, com o fim da Libertadores, os clubes brasileiros voltarão à rotina de duas partidas por semana, o que gerou críticas por parte do treinador.

“Eu não gosto porque não dá para treinar, apenas dá para jogar, dormir e viajar. Mas, no futebol, é importante treinar. É como teatro, tem de ensaiar bem a peça para fazê-la bem. No jogo contra o Flamengo, os dois times tiveram tempo para treinar e fizeram um bom espetáculo”, comentou.

Além de o futebol perder a qualidade, Muricy também avisa que o aumento no número de jogos causará uma maior incidência de contusões e cartões. Para a partida contra o Ipatinga, neste domingo, o técnico tem como dúvida apenas o zagueiro André Dias, que ainda tem chances de atuar porque teve a semana toda para recuperar-se da contusão na coxa direita.

“Com tempo para treinar, diminuem as contusões e os cartões. Nosso time está completo, sem problema. Mas, a partir da semana que vem, todo time vai começar a perder jogador por cartões e contusões. Estão reclamando da qualidade do futebol, mas sem treinamento não dá”, analisou.

Depois de enfrentar o Ipatinga, neste domingo, o Tricolor já voltará aos trabalhos no dia seguinte, pois terá compromisso também na quarta-feira, em Recife, contra o Náutico. Na seqüência, será disputado o clássico contra o Palmeiras.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo