iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/07 - 21:08

Cruzeirenses choram pelo lance do gol do Sport

“Falta de sorte. Ela veio um pouco mais alta, eu subi, ela resvalou na minha cabeça e matou o Fábio”, explicou Marquinhos Paraná

Gazeta Esportiva

RECIFE - Após a derrota por 1 a 0 para o Sport, no início da noite deste sábado, as lamentações dos jogadores do Cruzeiro estavam todas voltadas para o lance do gol. Após uma cobrança de falta de Fumagalli, Marquinhos Paraná tentou cortar e acabou matando o goleiro Fábio.

“Falta de sorte, eu tentei tirar a bola. Ela veio um pouco mais alta, eu subi, ela resvalou na minha cabeça e matou o Fábio. Infelizmente tomamos o gol”, explicou Marquinhos Paraná. Com 1,74m, o atleta sentiu falta de alguns centímetros para atingir a bola em cheio.

Já o zagueiro Thiago Heleno ressaltou que o Cruzeiro fez o que pôde, mas acabou perdendo devido ao lance infeliz. “O nosso time lutou o tempo todo. Tomamos um gol de bola parada ali, mas vamos levantar a cabeça porque há muitas batalhas pela frente”, pregou.

No primeiro tempo, o Cruzeiro foi dono do jogo, mas caiu de produção no segundo, quando Jadílson foi substituído por Jonathan e Marquinhos Paraná foi deslocado para a lateral-esquerda. A troca, no entanto, não foi vista pelos atletas como a causa da melhora do Sport na segunda etapa.

“A equipe que começa do jeito que o Cruzeiro começou, para cima, atacando e criando jogadas, dificilmente vai agüentar 90 minutos no mesmo ritmo”, argumentou Marquinhos Paraná, capitão do Cruzeiro no jogo de hoje.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo