iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/07 - 01:12

Técnico da LDU supera histórico ruim contra clubes brasileiros
O argentino Edgardo Bauza, técnico da Liga Deportiva Universitária de Quito, conquistou hoje o título da Copa Libertadores e conseguiu superar seu histórico ruim em jogos decisivos contra clubes brasileiros. Nesta quarta, a equipe equatoriana superou o Fluminense por 3 a 1 nos pênaltis, após perder pelo mesmo placar no tempo normal e na prorrogação, e conquistou a Libertadores pela primeira vez na história. Em 1998, Bauza treinava o Rosario Central, da Argentina, que perdeu para o Santos na final da extinta Copa Conmebol. O clube paulista venceu por 1 a 0 na Vila Belmiro e segurou um empate sem gols na volta, fora de casa.

EFE

O Vasco foi outro time brasileiro a causar problemas para o técnico. Em 2000, o seu Rosario Central foi eliminado pelos cariocas nas quartas-de-final da Copa Mercosul.

Na ida, os vascaínos venceram por 1 a 0 em São Januário, enquanto os argentinos devolveram o placar na volta. No entanto, o Vasco venceu por 5 a 4 nos pênaltis.

O outro encontro de Bauza com brasileiros ocorreu na Copa do Mundo de 1990. Entretanto, o então zagueiro da seleção argentina não entrou em campo na partida das oitavas-de-final, realizada em Turim, que o Brasil perdeu por 1 a 0.

Em relação à carreira de jogador, Bauza fez história no Rosario Central e ficou marcado por marcar muitos gols, mesmo jogando na defesa. Em 310 partidas na primeira divisão do Campeonato Argentino, marcou 30 gols.

Já entre os momentos vitoriosos da sua carreira de treinador, o destaque é a conquista do Campeonato Equatoriano de 2007 com a LDU.

Edgardo também foi campeão do torneio Apertura do Campeonato Peruano com o Sporting Cristal, em 2004.

Por outro lado, Bauza colecionou fracassos, como em sua passagem pelo Vélez Sarsfield em 2002. O treinador resolveu pedir demissão devido aos protestos da torcida.

"Não tem sentido ficar em um lugar onde não há consenso", disse, na época, à "Rádio Del Plata", de Buenos Aires.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo