iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/07 - 17:58

Dirigente diz que substituto de Felipão deve sair ainda em julho
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Gilberto Madaíl, mantém silêncio sobre o substituto do brasileiro Luiz Felipe Scolari à frente da seleção portuguesa, mas a imprensa do país vem afirmando que o novo comandante luso deve ser Carlos Queiroz, assistente técnico de Alex Ferguson no Manchester United. 

Gazeta Esportiva

Queiroz já passou pelo cargo, sendo o responsável pela ascensão de jogadores como Luís Figo e Rui Costa no selecionado.

Gilberto Madaíl, apesar de não falar em nomes, admitiu à Agência Lusa que o processo pode ficar concluído antes do meio de julho, o prazo previamente apontado pelo dirigente federativo. 'A única coisa que posso dizer é que a situação até poderá ficar definida mais cedo do que o prazo que já tinha falado', afirmou.

Também se comenta a saída de Queiroz  na mídia britânica. Segundo a edição de hoje do jornal inglês Daily Mirror, o Manchester United teria proposto a Queiroz um salário anual de quase 1,9 milhões de euros (cerca de R$ 4,8 milhões) para convencer o português a manter-se em Old Trafford. Esta proposta pretende cobrir a oferta da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), estimada em pouco mais de 1,3 milhões de euros (R$ 3,2 milhões).

O Daily Mirror esclarece, porém, que a nova proposta apresentada o Manchester United não garantiria que o treinador português esteja na primeira linha da sucessão a Ferguson. O técnico, de 66 anos, já disse que abandonará o clube dentro de três anos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo