iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/07 - 22:26

Sem escolher posição, Denílson se garante por 90 minutos
Neste domingo, diante do Atlético Mineiro, o Palmeiras não poderá contar com Valdívia e Kléber, suspensos. Espaço para um jogador que se destacou na vitória por 2 a 0 sobre o Náutico na última rodada: Denílson, autor do belo gol que fechou o placar no Palestra Itália.

Gazeta Esportiva

E o meia-atacante não escolhe qual posição deve atuar para manter a boa fase.

“Eu prefiro jogar, independente se for atrás ou de atacante. Se o Luxemburgo optar por mim no jogo, são duas posições em que já joguei e me adaptei bem, principalmente como atacante”, considerou o jogador, substituto de Kléber nas últimas rodadas da primeira fase do Paulista.

Sem começar uma partida desde a derrota para os reservas do Sport em 8 de junho, o camisa 19 se diz pronto para atuar durante os 90 minutos no Mineirão. E faz a promessa incluindo também quem o outro atleta que ganhar chance com Wanderley Luxemburgo.

“Estou preparado para os 90 minutos. Para isso, todos vêm se dedicando nos treinamentos para, quando aparecer a oportunidade, fazer o melhor e ajudar o Palmeiras. Todos estão treinando bem, principalmente fisicamente, e com certeza não só eu, mas todo o elenco está pronto para jogar”, assegurou.

Feliz com a condição que ostenta no Palmeiras, Denílson espera mais uma boa apresentação em Belo Horizonte. E, desta vez, sem as lágrimas que deixou cair após a vitória por 2 a 1 contra o Internacional, quando também foi titular.

“Alegre eu sempre fui. Eu me emocionei naquele momento porque tocaram no assunto da minha família, que sempre me emociona, e pela dificuldade que passei. Não esperava críticas que recebi, mas é totalmente normal pelas minhas passagens antes do Palmeiras. Mas hoje, com certeza, estou controlando mais as minhas emoções”, finalizou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo