iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/07 - 16:20

Saída de Deco dá seqüência a renovação de elenco no Barça
Com a oficialização da saída do meia brasileiro naturalizado português Deco, o Barcelona deu seqüência ao processo de renovação da equipe após duas temporadas sem títulos.

EFE

BARCELONA (Espanha) - Na última segunda-feira, o jogador assinou um contrato de três anos com o Chelsea, da Inglaterra, equipe comandada pelo técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari.

O Barça vendeu o meia por 10 milhões de euros, valor um pouco superior que os 9 milhões de euros arrecadados com a venda do lateral-direito italiano Gianluca Zambrotta ao Milan.

O clube espanhol também se desfez do jovem atacante mexicano Giovani dos Santos, vendido ao Tottenham por 6 milhões de euros.

Quem também não defenderá mais o Barça é o volante brasileiro Edmílson, que assim como o zagueiro francês Lilian Thuram e o atacante espanhol Santiago Esquerro, não tiveram seus contratos renovados.

O jogador campeão mundial em 2002 pela seleção brasileira inclusive já se apresentou ao Villarreal.

A passagem de Deco pelo Barcelona começou na temporada 2004-05 e o meia conquistou dois Campeonatos Espanhóis e uma Liga dos Campeões. Ao lado do brasileiro Ronaldinho Gaúcho e do atacante camaronês Samuel Eto'o, o paulista foi uma das figuras centrais da recente fase vitoriosa do clube.

No entanto, o jogador da seleção portuguesa caiu de rendimento nas duas últimas temporadas, quando também enfrentou alguns problemas de lesão. Além disso, Deco entrou em atrito com companheiros e dirigentes.

A saída do ex-jogador do Porto foi se desenhando pouco a pouco e, no final da temporada 2007-08, ele anunciou que não atuaria mais pelo Barça.

Um dos maiores pontos de desgaste do foi a suspensão por cartões amarelos na véspera do clássico contra o Real Madrid, jogo decisivo do Espanhol.

No último jogo da equipe no Camp Nou pela competição, Deco foi vaiado e, ao ser substituído, já se previa que aquela seria sua despedida da torcida.

O próximo passo na carreira do meia de 30 anos será tentar obter sucesso no Chelsea. No clube inglês, Deco vai reencontrar Felipão, ex-técnico de Portugal, além de Paulo Ferreira, José Bosingwa e Ricardo Carvalho, seus companheiros de seleção.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo