iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/07 - 11:45

Mano Menezes responde a acusações de Finazzi
Mano Menezes franziu a sobramcelha, irritado, para responder às acusações de Finazzi. Agora no São Caetano, próximo adversário do Corinthians na Série B do Campeonato Brasileiro, o centroavante não poupou o técnico que pouco lhe aproveitou no Parque São Jorge.

Gazeta Esportiva

Segundo Finazzi, Mano privilegia os jogadores cuja contratação recomendou à diretoria. “Ele está enganado. Não deve saber que fui eu que indiquei a renovação de contrato dele com o Corinthians. Em cinco meses, ele teve todo o tempo do mundo para entrar na minha sala e falar o que quisesse. Ou desabafar para a imprensa. Não fez, né?”, criticou o técnico.

O centroavante ainda esboçou denunciar que empresários de atletas interferem na escalação do Corinthians. “Isso é uma irresponsabilidade”, rebateu Mano Menezes. “Não acho agradável ficar falando coisas negativas depois de sair de um clube. Não faço isso com os jogadores. Falo quando estão trabalhando comigo.”

Amigo e companheiro de quarto de Finazzi nos tempos de Corinthians, com quem costumava dividir barras de chocolates nas concentrações, o lateral-esquerdo André Santos também repreendeu o atacante. “Se ele quisesse falar alguma coisa para o Mano, deveria ter feito antes”, disse. “Mas isso é a briguinha de sempre de quem não está sendo aproveitado”, definiu.

Finazzi se lesionou quando trabalhou com Mano Menezes, porém culpou os métodos adotados pelo médico Joaquim Grava para demora de seu tratamento. Neste sábado, promete muita disposição para enfrentar o ex-clube. Já marcou dois gols na estréia com vitória, por 3 a 1, sobre o Gama. “É um atacante que chama o gol. E virá com uma sede grande contra nós”, respeitou André Santos, sorrindo.

Já Mano minimizou a importância de Finazzi para o São Caetano. “Estamos mais preocupados com o time do adversário, que é duro e competitivo. Agora é o Pintado [técnico do São Caetano] que é responsável por ele”, encerrou o treinador.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo