iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/07 - 10:30

Expulso, goleiro Renan afirma que agiu por instinto
O goleiro Renan, do Internacional, disse que não teve a intenção de agredir Rodrigo Mendes, do Grêmio, no clássico de domingo. O arqueiro foi expulso por atingir o rival dentro da área, depois de pegar uma bola no alto.

Agência Estado

Na cobrança de pênalti, Roger empatou a partida por 1 a 1.

"Foi instintivo, não quis de maneira alguma agredir o Rodrigo Mendes. Tive a intenção somente de me proteger no lance, mas acabei encostando no adversário. Foi um lance de interpretação da arbitragem", afirmou Renan.

O goleiro será julgado pelo STJD na próxima semana, e pode ser condenado a uma suspensão superior à automática, de uma partida, que cumprirá no domingo, contra o Coritiba.

Diante da expectativa de uma punição, Renan mostrou tranqüilidade. "Sou réu primário. Nunca havia sido expulso e nem sequer cumprido suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos. Quem me conhece sabe que não sou de me envolver em confusão. Apenas executei a técnica de sair do gol."

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo