iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/07 - 15:41

Coritiba bate o pé, mas Guaratinguetá garante Jeci no Palmeiras
Diante do interesse do Palmeiras em ficar com Jeci, o Coritiba reclamou e prometeu proposta para manter seu capitão. O Guaratinguetá, contudo, fez valer a posse de seus direitos federativos e assegura: o zagueiro é o oitavo reforço do campeão paulista para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva

A informação foi dada à Gazeta Esportiva.Net pelo presidente do Guaratinguetá, Carlos Arini. “O Jeci está indo para o Palmeiras. A proposta do Coritiba para ficar com ele foi feita ontem, mas o jogador já tinha tomado a decisão e deve se apresentar no Palmeiras nos próximos dias”, disse o dirigente por telefone, completando que o defensor foi contratado em definitivo pelo Verdão.

Apesar das garantias do mandatário interiorano, os palmeirenses adotam a cautela em relação à nova contratação. “Soubemos que o Coritiba vai fazer uma proposta e só amanhã (quarta-feira) devemos ter uma resposta, mas a possibilidade é grande de ele vir para o Palmeiras”, argumentou à GE.Net o diretor de futebol Genaro Marino.

O discurso ponderado se deve às declarações do presidente paranaense, Jair Cirino, relembrou de episódios anteriores e demonstrou estar bastante irritado com o assédio do clube paulista e do técnico Wanderley Luxemburgo a seus atletas.

“Isso não passa pela minha cabeça, mas o Wanderley deveria dirigir o Coritiba. Já se interessou por Keirrison, Pedro Ken, Carlinhos Paraíba e agora o Jeci. Também faltou ética ao Palmeiras. Mas nós fizemos uma proposta melhor que a do Palmeiras. Ele é nosso capitão, um ídolo, e faz parte do projeto para o centenário do clube em 2009”, comentou o cartola à Rádio Band News.

A oferta curitibana, entretanto, foi recusada pelo próprio Jeci, segundo Arini. “A questão não era em relação ao Palmeiras. Era do atleta com o Coritiba, e ele preferiu ir para o Palmeiras, em definitivo”, finalizou o presidente do Guaratinguetá.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo