iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/06 - 18:39

Suíça admite que Eurocopa recebeu ameaça terrorista
Um dia após o final da Eurocopa, o governo suíço revelou que o torneio foi objeto de uma ameaça terrorista. O ministro da Defesa da Suíça, Samuel Schmid, afirmou nesta segunda-feira que o exército do país recebeu informações de que "existiram preparativos para se realizar um ataque", o que não foi concretizado.

Agência Estado

O governo suíço não deu detalhes do que seria a ameaça e nem da data que ela estaria planejada para ocorrer. "Foram evidências novas que obtivemos durante o torneio", explicou Samuel Schmid. "O assunto foi levado adiante pelas autoridades, a polícia e pelo serviço secreto e conseguimos evitar que se concretizasse."

Durante a Eurocopa, cerca de 20 pessoas foram presas por dia. Mas o governo suíço garante que esse é um número "normal" diante dos mais de 1,9 milhão de turistas que visitaram a Suíça e a Áustria, país que também foi sede da competição.

Para os organizadores, o clima de festa prevaleceu. Ainda assim, a Uefa anunciou uma multa de 12 mil euros à Federação Croata de Futebol pelo comportamento racista de seus torcedores. No jogo contra a seleção turca, alguns torcedores croatas levantaram uma bandeira do Vaticano, em provocação aos jogadores muçulmanos da Turquia.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo