iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/06 - 16:14

Presidente do Sport usará a lei para manter Diogo na Ilha
Sem clima para continuar no Sport, após abandonar a concentração do clube pernambucano, o lateral-direito Diogo, 23 anos, está longe de um futuro definido no futebol.

Gazeta Esportiva

Apesar do vice-presidente de futebol Guilherme Beltrão afirmar que o jogador não faria mais parte do elenco, e do técnico Nelsinho Baptista dizer que o meia não será mais escalado, Diogo deve permanecer na Ilha do Retiro.

O presidente do clube pernambucano, Milton Bivar, disse que o Sport está totalmente respaldado pela lei para manter o atleta.

'É bom que o Santos não pense que vai levar o jogador sem pagar ao Sport. Nós temos 50% dos direitos federativos do jogador, o Porto/PE tem os outros 50%, mas quem exerce os direitos sobre ele somos nós. Vamos fazer com que o contrato que nós temos com Diogo seja exercido, mas ele não joga mais pelo Sport', afirmou.

O dirigente, porém, considerou impensada a atitude adotada pelo atleta, que receberá uma punição.

'Além de ser uma coisa inesperada não deixa de ter sido uma indisciplina que cabe punição. Ele tem contrato vigente com o Sport e não tem como ele sair. Ele não alegou nada. Simplesmente deixou um recado, falou que não ia jogar e desapareceu do local de trabalho', esclareceu.

Bivar confirmou o interesse do Santos em relação ao atleta, mas, segundo o dirigente, a transação não evoluiu. 'Houve uma sondagem do Santos, que queria o empréstimo do jogador de graça. Nós dissemos que não faríamos o negócio', explicou.

'É bom que o Santos não pense que vai levar o jogador sem pagar ao Sport. Nós temos 50% dos direitos federativos do jogador, o Porto/PE tem os outros 50%, mas quem exerce os direitos sobre ele somos nós. Vamos fazer com que o contrato que nós temos com Diogo seja exercido, mas ele não joga mais pelo Sport', afirmou.

O caso de Diogo já virou novela e deve ganhar mais alguns capítulos ainda nesta semana, o presidente do Rubro-Negro pernambucano preferiu deixar uma definição do episódio para o futuro. Bivar, inclusive fechou os olhos para as declarações do vice-presidente de futebol, Guilherme Beltrão, que afirmou que Diogo não vestiria mais a camisa do Sport.

'É complicado. De repente, ele cometeu uma indisciplina dessas e sabe as conseqüências que o seu ato pode causar. Não sou dono do Sport, e não vou tomar uma decisão de cabeça quente. Vamos dar tempo ao tempo', declarou.

Interessado em defender o Santos neste Campeonato Brasileiro, Diogo se recusou a defender o Sport, neste domingo, na derrota por 2 a 1, diante do Flamengo, em Recife. Caso atue novamente pelo clube pernambucano, o jogador completaria sete jogos, e ultrapassaria o limite de jogos para transferências na competição.

Para liberar o atleta ao Santos, a diretoria do Sport teria pedido o meia Rodrigo Tabata, e mais uma quantia financeira.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo