iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/06 - 17:19

Felipe evita polêmica com escalação. Machado vê ataque isolado.
Depois de se envolver em uma polêmica no Náutico, quando abandonou a concentração da equipe para a partida contra o Atlético-MG e só voltou aos treinamentos cinco dias mais tarde, com a pendência financeira resolvida, o atacante Felipe acabou descartado do time titular para a partida contra o Palmeiras, no domingo.

Gazeta Esportiva

Um dos destaques do Timbu, o jogador negou que, se estivesse em campo, o resultado seria diferente da derrota por 2 a 0.

“Não acho que se eu tivesse entrado de frente seria diferente. O professor tem equipe, 20, 30 jogadores, mas só podem jogar onze. Ele colocou quem achava que devia jogar e quem esteve em campo está de parabéns. Acho que o time jogou bem diante do Palmeiras, aqui, onde a dificuldade é muito grande”, afirmou Felipe, que entrou nos 15 minutos finais e pouco conseguiu criar.

A ausência do atacante também é fruto da opção do técnico Leandro Machado por escalar apenas um homem na frente – Wellington – e reforçar o meio-de-campo com três volantes. Com a derrota, o comandante negou falta de coragem na escalação do esquema defensivo. Para ele, o problema foi o isolamento do ataque.

“Não é que a equipe recuou. A equipe não conseguiu, quando roubava a bola, aproximar a posse de bola do Wellington. Ele ficou muito isolado. Quando a gente tomava a bola logo entregava. Parecia um muro, bate e volta. Por isso o esquema não funcionou e o Wellington ficou muito isolado lá na frente”, explicou Machado.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo