iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/06 - 17:14

Cinco atletas deixam o Cruzeiro nesta segunda
O Cruzeiro anunciou nesta segunda-feira a saída de cinco jogadores. Os zagueiros Eliézio e Maicon, além do atacante Nenê, vão defender o Nacional da Ilha da Madeira, que disputa a primeira divisão do futebol português.

Gazeta Esportiva

O volante Luiz Fernando fica até o final do Brasileirão no Ipatinga. Já o meia-atacante Maicosuel ainda não sabe por que clube vai atuar.

Dentre estes, Maicosuel foi o único que chegou a ter chances com Adilson Batista. Mesmo assim, entrou em apenas quatro partidas, pois passou um bom tempo com uma tendinite no joelho. Marcou um gol na vitória de 4 a 0 sobre o Santos, na terceira rodada. O Cruzeiro o liberou aos investidores da Traffic mediante o pagamento de 200 mil dólares – cerca de R$ 320 mil – e a cessão de 50% dos direitos econômicos de Thiago Martinelli, que já estava na Toca da Raposa.

Outro que rende dividendos ao Cruzeiro é o atacante Nenê. O atleta nunca esteve nos planos do treinador, tanto que foi emprestado ao Ipatinga para a disputa do estadual. Dispensado de lá, vinha treinando separadamente em Belo Horizonte. Agora, o Nacional desembolsou 200 mil euros – cerca de R$ 500 mil – por 30% de seus direitos econômicos. A Raposa continua com 25% e o restante é do próprio jogador.

Os demais atletas seguem por empréstimo gratuito. Os jovens Eliézio e Maicon assinaram com os portugueses até o fim da temporada européia, e pode ser que usem o Nacional como vitrine. Já Luiz Fernando, que foi o capitão do time júnior na conquista da Copa São Paulo em 2007, pode aproveitar o Ipatinga para ganhar experiência na Série A.

As saídas ocorrem poucos dias após o empréstimo de Marcinho ao Kashima Antlers, do Japão. Em menos de uma semana, o Cruzeiro conseguiu quase R$ 1,5 milhão de reais negociando jogadores que não vinham sendo aproveitados. A esperança do clube é de que, com estes lucros, seja possível manter os principais jogadores, como Ramires, Wagner, Fábio e Guilherme.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo