iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/06 - 21:09

Botafogo pode punir jogadores que estavam em boate
A segunda-feira deveria ser um dia de cobranças e tensão no Botafogo, depois do empate sem gols com os reservas do Fluminense que deixou a equipe na 16.ª posição do Campeonato Brasileiro.

Agência Estado

Mas os assuntos extracampo roubaram a cena por conta de Diguinho e Eduardo. Os dois jogadores estavam na boate Baronetti, em Ipanema, na véspera da partida, e presenciaram o assassinato do jovem Daniel Duque, atleta de remo do clube.

Em nota oficial, o presidente Bebeto de Freitas lamentou o ocorrido e criticou duramente Diguinho e Eduardo por estarem numa casa noturna horas antes de um jogo importante para a equipe, mas não divulgou que tipo de punições poderá adotar.

"O Botafogo, que tomou conhecimento através da imprensa de que Diguinho estava no local na madrugada de sexta-feira para sábado, entende que estar na boate em horário avançado, na antevéspera de uma partida pelo Campeonato Brasileiro, não está de acordo com a postura de um atleta profissional durante uma competição", diz trecho do comunicado.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo